Meteorologia

  • 18 FEVEREIRO 2019
Tempo
12º
MIN 12º MÁX 13º

Edição

Mais de 4.200 pessoas chegaram à Europa por mar em 16 dias

Cerca de 4.216 migrantes chegaram à Europa por via marítima nos primeiros 16 dias deste ano, quase o dobro do total de chegadas (2.365) registado no mesmo período de 2018, divulgou hoje a Organização Internacional das Migrações (OIM).

Mais de 4.200 pessoas chegaram à Europa por mar em 16 dias
Notícias ao Minuto

18:21 - 18/01/19 por Lusa

Mundo Balanço

Este é o mais recente balanço da organização liderada desde outubro passado pelo português António Vitorino, que na passada terça-feira, e numa análise dos primeiros 13 dias do ano corrente, dava conta de 2.200 chegadas de migrantes e de refugiados ao território europeu por mar.

Este aumento expressivo deve-se ao registo de entradas em Espanha, país que em 2018 se tornou na principal rota marítima para a Europa e que se perspetiva, neste princípio de 2019, como a principal porta de entrada de migrantes para o território europeu.

De acordo com o novo balanço, entre os dias 13 e 16 de janeiro, as chegadas ao território espanhol mais que duplicaram, de 1.609 para 3.367 pessoas.

"Até ao meio do mês [de janeiro], as chegadas irregulares de migrantes por mar para Espanha representam quase 80% de todas as chegadas do Mediterrâneo deste tipo", indicou a OIM, numa nota informativa.

"Além disso, este total quase iguala todas as chegadas deste tipo a Espanha durante os primeiros três meses de 2018, período durante o qual a OIM relatou 3.369 chegadas de migrantes irregulares ao território espanhol por via marítima", referiu a organização.

Já ao nível das vítimas mortais nas três principais rotas do mar Mediterrâneo - Mediterrâneo Oriental (da Turquia para a Grécia), Mediterrâneo Central (da Líbia para Itália) e Mediterrâneo Ocidental (de Marrocos para Espanha -- os dados da OIM relativos aos primeiros 16 dias de janeiro apontam para 83, menos do que as 199 mortes registadas no mesmo período de 2018.

No balanço anterior, divulgado terça-feira, a OIM tinha relatado que 16 pessoas tinham morrido durante a travessia do Mediterrâneo.

Quando analisados os registos em outras regiões ou rotas migratórias nestes primeiros 16 dias, o número de migrantes mortos sobe para 92.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório