Meteorologia

  • 19 JANEIRO 2019
Tempo
MIN 9º MÁX 9º

Edição

Meningite pode explicar a morte misteriosa de homem nos EUA

Jameek Lowery morreu dois dias depois de ter entrado numa esquadra de polícia a pedir ajuda. Foi levado para o hospital mas surgiram dúvidas sobre o que teria acontecido e a cidade de Paterson foi palco de protestos.

Notícias ao Minuto

09:56 - 13/01/19 por Fábio Nunes 

Mundo EUA

Há mais um caso que envolve a morte de um negro nos Estados Unidos que está a gerar polémica. Jameek Lowery entrou numa esquadra de polícia na cidade de Paterson, New Jersey, no passado dia 5 de janeiro e pediu ajuda aos agentes que ali se encontravam. Tinha tomado ecstasy e admitia estar paranoico. Mais tarde foi levado para o hospital. Dois dias depois morreu de forma misteriosa e as suspeitas eram muitas.

Soube-se esta quinta-feira que Jameek Lowery tinha meningite, adianta a CNN. As pessoas que interagiram com o homem de 27 anos foram informadas de que ele padecia desta doença, revelou Kathleen Long, chefe de gabinete do presidente da Câmara de Paterson, Andre Sayegh. O autarca esteve com Jameek no dia 29 de dezembro do ano passado durante a inauguração de um negócio.

Como precaução Andre Sayegh já foi medicado. Todos os que estiveram em contacto com Jameek já receberam indicação para se deslocarem ao Saint Joseph’s University Medical Center para também serem tratados com antibióticos.

A meningite pode espalhar-se através da tosse e da saliva e os sintomas incluem febre, vómitos, sensibilidade à luz e confusão. Alguns destes sintomas podem ajudar a explicar o comportamento errático de Jameek na esquadra da polícia de Paterson, algo agravado pelo facto de ter consumido ecstasy.

Vídeo publicado no Facebook gerou revolta

No entanto, ainda antes de se saber que Jameek sofria de meningite, a cidade de Paterson foi alvo de protestos com os manifestantes que queriam apurar as então estranhas circunstâncias em torno da morte de Jameek Lowery.

O homem de 27 anos gravou a sua interação com a polícia no dia 5 de janeiro e publicou ao vivo no Facebook. Muitas das suas frases são impercetíveis mas Jameek pediu água aos agentes, que lhe foi recusada. No entanto, chamaram de imediato uma ambulância. A dada altura Jameek afirma que “há alguém lá fora que me quer matar” e depois pede aos agentes para não o matarem.

Foi transportado para o Saint Joseph’s University Medical Center. Ficou inconsciente e foi ligado à máquina, tendo morrido dois dias depois. A família de Jameek disse que ele apresentava lesões na cara quando o viram no hospital.

A procuradoria de Passaic County está a investigar o caso e agora pelos resultados toxicológicos e pela autópsia de Jameek Lowery.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório