Meteorologia

  • 21 ABRIL 2019
Tempo
22º
MIN 21º MÁX 23º

Edição

Kevin Fret, cantor e ativista LGBT de Porto Rico, assassinado na rua

Era a primeira estrela do género 'trap' assumidamente homossexual. O artista tinha 24 anos.

Kevin Fret, cantor e ativista LGBT de Porto Rico, assassinado na rua
Notícias ao Minuto

23:13 - 10/01/19 por Notícias Ao Minuto 

Mundo Crime

Kevin Fret, cantor porto-riquenho tido como a primeira estrela do género 'trap' assumidamente homossexual, foi assassinado em San Juan, Porto Rico. Tinha 24 anos.

O artista estava a andar de mota na última madrugada quando foi assassinado com vários tiros, segundo adianta a imprensa local. Ainda foi assistido e transportado de urgência para o hospital mas acabou por não resistir aos ferimentos.

O seu representante, Eduardo Rodriguez, reagiu à morte de Kevin Fret realçando a sua "alma artística" e descrevendo-o como um "sonhador de coração cheio".

Kevin Fret estava a ganhar destaque no 'trap', um estilo musical variante do hip-hop. De origem latina e homossexual assumido, Kevin Fret defendia os direitos da comunidade LGBT e procurava 'abrir portas' a outros artistas emergentes LGBT no seio deste género musical, como recorda a Billboard.

'Soy Asi', lançada em abril do ano passado, foi o primeiro single em nome próprio do artista a ganhar destaque.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório