Meteorologia

  • 19 OUTUBRO 2019
Tempo
19º
MIN 13º MÁX 19º

Edição

Identificados 15 membros do esquadrão que terá assassinado Khashoggi

Chegaram a Istambul em dois aviões privados no dia em que Jamal Khashoggi desapareceu. Têm entre 30 e 57 anos. Em comum, têm os cargos que ocupam nas forças especiais sauditas, assim como a proximidade ao príncipe herdeiro Mohammed bin Salman (na foto).

Identificados 15 membros do esquadrão que terá assassinado Khashoggi

As autoridades turcas identificaram os 15 membros do considerado “esquadrão da morte” que alegadamente terá assassinado Jamal Khashoggi.

O jornalista saudita, crítico do regime, entrou no consulado saudita em Istambul, no passado dia 2 de outubro, e não mais voltou a sair. O caso está a gerar uma enorme crise diplomática e, segundo um jornal turco próximo do presidente Recep Tayyip Erdogan, o jornalista terá sido torturado e desmembrado no interior do consulado.

Esta tese ganhou força sobretudo depois de se saber que 15 homens, vindos em dois aviões, viajaram de Riade para Istambul no dia em que Jamal Khashoggi desapareceu.

Entretanto, segundo a informação recolhida pelo El Periodico, foi desvendada a identidade dos 15 homens. Todos chegaram à Turquia em aviões privados, propriedade do governo saudita, e a maioria deles, listados em baixo, desempenha altos cargos em departamentos governamentais de Riade.

Salah Mohamed Tubaiqi: Médico forense de 47 anos. Terá sido o assassino material de Khashoggi e, segundo a imprensa turca, terá demorado sete minutos a desmembrar o jornalista saudita no interior do consulado.

Abdulaziz Mohamed Alhawsawi: Membro da equipa de segurança pessoal do príncipe herdeiro Mohammed bin Salman. Tem 31 anos e, alegadamente, será também membro da Guarda Real saudita.

Thaar Ghaleb Alharbi: Membro da Guarda Real Saudita. Tem 39 anos.

Mohamed Saad Alzahrani: Outro membro da Guarda Real saudita. Contactado pelo Washington Post, negou o envolvimento no desaparecimento de Khashoggi. Tem 30 anos.

Naif Hasán Alarifi: Membro das forças especiais. Tem 32 anos e aparece listado como trabalhador da oficina do príncipe Mohamed bin Salman.

Khalid Aedh Alotaibi: Encarregado de proteger a família real saudita. Membro da Guarda Real. Tem 30 anos.

Mustafa Mohamed Almadani: Membro dos serviços de inteligência sauditas. É o mais velho dos 15 membros do esquadrão: tem 57 anos. Foi também o último a abandonar Istambul: saiu do país já depois da meia-noite.

Meshal Saad al-Bostani: Membro da Guarda Real saudita. Segundo um jornal turco, morreu num acidente de carro em Riade. Tinha 31 anos.

Walid Abdulá Alsehri: Foi promovido, em 2017, pelo próprio príncipe herdeiro, a chefe de esquadrão dentro da Força Aérea saudita. Tem 38 anos.

Mansur Othman Abahusein: Membro da inteligência saudita e coronel na direção de defesa civil. Tem 46 anos.

Fahad Shabib Albalawi: Membro da Guarda Real. Tem 33 anos.

Badr Lafi Alotaibi: Major nos serviços de inteligência sauditas. Tem 45 anos.

Saif Saad Alqahtani: Serve o príncipe Mohamed bin Salman no palácio real em Riade. Tem 45 anos.

Turki Muserref Alsehri: Desconhecem-se as suas funções. Sabe-se apenas que tem 36 anos.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório