É possível ver o mundo de modo diferente quando se tem esta caraterística

Está aberto a novas experiências? Temos boas notícias para si.

© iStock
Lifestyle Estudo

Para algumas pessoas, o mundo é aquilo que é, preto no branco, factos atrás de factos. Para outras, há sempre algo novo a descobrir, há sempre um aspeto diferente, uma curiosidade que capta o interesse. Há pessoas que, de facto, veem o mundo de forma diferente, mas porque é que isso acontece?

PUB

De acordo com um recente estudo publicado na revista científica Journal of Personality Research, a ‘culpa’ é da personalidade e da abertura para novas experiências, uma caraterística não comum, mas que torna as pessoas mais criativas, inovadoras e capazes de ver o mundo com outros olhos… literalmente.

O estudo levado a cabo pela Escola de Ciência Psicológica da Universidade de Melbourne (Austrália) analisou 123 pessoas que, numa primeira fase, foram divididas de acordo com cinco traços de personalidade: extrovertidas, condescendentes, conscientes, neuroticistas e abertas a novas experiências. Depois, cada um dos participantes foi desafiado a completar testes de rivalidade binocular, em que, durante dois minutos, via uma imagem com um olho e outra com outro olho, sendo que em cada uma das imagens havia um ponto vermelho e noutra um ponto verde.

Diz o estudo, citado pela New York Magazine, que o cérebro humano apenas é capaz de ver uma imagem de cada vez, contudo, as pessoas cujos testes de personalidade as classificaram como mais abertas a experiências viram, na verdade, as duas imagens em simultâneo. Para os cientistas, esta é a prova mais clara de que este tipo de pessoas é capaz de ver o mundo de uma forma diferente e tudo devido à criatividade e maior flexibilidade do cérebro.

COMENTÁRIOS REGRAS DE CONDUTA DOS COMENTÁRIOS

Acompanhe as transmissões ao vivo da Primeira Liga, Liga Europa e Liga dos Campeões!

Obrigado por ter ativado as notificações do Desporto ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias Ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser