Meteorologia

  • 24 JUNHO 2024
Tempo
19º
MIN 17º MÁX 29º

Klebsiella Pneumoniae. O que é? Que perigos representa?

Já ouviu falar de Klebsiella Pneumoniae? Trata-se de uma bactéria que obrigou, esta quinta-feira, ao encerramento da neonatologia do Santa Maria, em Lisboa, e já afetou mais de uma dezena de bebés. Saiba tudo.

Klebsiella Pneumoniae. O que é? Que perigos representa?
Notícias ao Minuto

21:08 - 27/07/23 por Notícias ao Minuto

Lifestyle Saúde

Foi encerrada, esta quinta-feira, a neonatologia do Santa Maria, em Lisboa, devido a uma bactéria multirresistente que infetou mais de uma dezenas de bebés, internados nos cuidados intensivos daquela unidade. Chama-se Klebsiella Pneumoniae. Mas que bactéria é esta? Que perigos representa? E quais são os sintomas mais comuns? 

Leia Também: Locais da casa que acumulam mais bactérias do que muitos pensam

O que é?

Então, segundo o WebMD, trata-se de uma bactéria comum e, geralmente, inofensiva, encontrada nos intestinos ou nas fezes e, nestes locais, não causa problemas. 

Torna-se mais perigosa quando chega a outras partes do corpo, como os pulmões, e quando infeta pessoas que já estão doentes e vulneráveis. Aliás, nestes casos, transforma-se numa superbactéria e quase impossível de combater com antibióticos comuns. 

A lista de consequências associadas a esta bactéria inclui "pneumonia, infeção urinária, infeção intra-abdominal, meningite, abcesso hepático piogénico, infeção da corrente sanguínea", explica a Heathline. É a localização da bactéria que determina os sintomas e o tratamento. 

Grupos de risco 

Geralmente,  indivíduos saudáveis não contraem a infeção, mas o risco é mais elevado entre quem vive num estabelecimento de saúde; sofre de outras doenças; como doença pulmonar obstrutiva crónica, doença vascular periférica, doença renal ou doença biliar. Entre os grupos de risco inserem-se ainda indivíduos com cancro e que sofrem de alcoolismo. 

Leia Também: Bactérias intestinais podem estar ligadas ao autismo, diz estudo

Sintomas

Quando afeta os pulmões causa sintomas como febre, tosse, dores no peito e dificuldades na respiração. Já as infeções urinárias, relacionadas com a bactéria, causam dores ao urinar, desconforto e febre. Quando se trata de uma infeção da pele ou dos tecidos moles provoca inchaço, febre, dores e fadiga. Minigite causa um início súbito de febre alta, dores de cabeça e rigidez no pescoço. Existem, no entanto, muitas outras consequências e sintomas. 

É contagiosa? 

Sim, segundo o WebMD, mas apenas através do contacto direto. Por exemplo, uma forma de transmitir a doença seria "tocar num corte de pele com as mãos sujas", explicam. 

É ainda possível que seja transmitida através de equipamentos hospitalares como cateteres intravenosos, tubos endotraqueais e ventiladores e cateteres urinários. 

Leia Também: "Não é uma bactéria normal". Origem de surto no Santa Maria desconhecida

Recomendados para si

;

Receba dicas para uma vida melhor!

Moda e Beleza, Férias, Viagens, Hotéis e Restaurantes, Emprego, Espiritualidade, Relações e Sexo, Saúde e Perda de Peso

Obrigado por ter ativado as notificações de Lifestyle ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório