Meteorologia

  • 12 JULHO 2024
Tempo
25º
MIN 16º MÁX 27º

Bactérias intestinais podem estar ligadas ao autismo, diz estudo

A conclusão é de uma investigação publicada na Nature Neuroscience.

Bactérias intestinais podem estar ligadas ao autismo, diz estudo
Notícias ao Minuto

07:55 - 29/06/23 por Notícias ao Minuto

Lifestyle Estudo

Um estudo publicado na Nature Neuroscience revela que pode existir uma ligação entre o autismo e a microbiota intestinal. Não confirma que pode ser uma das causas, mas clarifica que existe uma relação entre os dois.

"Antes deste estudo, tínhamos fumo a indicar que a microbiota estava envolvida no autismo, e agora temos fogo", revela o microbiologista Rob Knight. "Podemos aplicar esta abordagem a muitas outras áreas, como a depressão, Parkinson e o cancro, onde pensamos que as bactérias intestinais desempenham um papel, mas onde ainda não sabemos exatamente qual”, continua.

Leia Também: Evite alimentos e bebidas com este ingrediente (o intestino agradece)

Sabe-se que pessoas com autismo estão mais propensas a ter problemas gastrointestinais, prisão de ventre, diarreia, vómitos e inchaço.

Neste caso, a investigação revelou que uma melhoria na microbiota poderia ter influência positiva nos sintomas do autismo. Ainda assim, não são conhecidas todas as ligações e serão necessárias mais investigações.

"O ponto principal é que, daqui para frente, precisamos de estudos a longo prazo que analisem o maior número possível de conjuntos de dados e entendam como funcionam", explicou Jamie Morton, que também já tinha estudado o tema.

Leia Também: Oito alimentos ricos em fibra que fazem 'maravilhas' pelo intestino

Recomendados para si

;

Receba dicas para uma vida melhor!

Moda e Beleza, Férias, Viagens, Hotéis e Restaurantes, Emprego, Espiritualidade, Relações e Sexo, Saúde e Perda de Peso

Obrigado por ter ativado as notificações de Lifestyle ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório