Meteorologia

  • 24 MAIO 2024
Tempo
23º
MIN 13º MÁX 25º

Bacana, as novas sangrias que vai querer ter sempre à mesa (e no copo)

São produzidas na zona de Torres Vedras e estão disponíveis em três variedades: branca, tinta e rosé.

Da próxima vez que quiser uma sangria para um jantar de família ou amigos não precisa de ir ver receitas à Internet ou comprar uma qualquer já feita no supermercado. Há uma nova marca portuguesa no mercado que vai querer experimentar. Chama-se Bacana e é produzida na zona de Torres Vedras. Está disponível em três variedades, todas com baixo teor de açúcar.

Leia Também: Celebre o fim de semana com um jarro desta deliciosa sangria

José Álvares Cabral, 64 anos, e Nuno Valadas, 52, são os responsáveis pela marca. Os dois têm família ligada ao setor do vinho. Nuno é mesmo um empreendedor na área. Já José trabalhou na área da banca nos últimos anos.

“A ideia surgiu num encontro casual entre amigos, em que percebemos a inexistência de uma sangria 'premium' no mercado e, principalmente, que mantivesse sempre a mesma consistência”, explicam em entrevista ao Lifestyle ao Minuto.

Começaram por perceber o mercado e a ver que produto poderiam trazer para as mesas nacionais. “Primeiro fizemos vários testes com enólogos experientes em Portugal e depois com consumidores finais tanto a nível nacional como internacional, de modo a termos um produto que agradasse à grande maioria do público apreciador de sangrias e mesmo aos não apreciadores.”

Destas provas saíram três variedades de sangria: a tinta, a branca e a rosé. Cada uma apresenta algumas especificidades. A branca, por exemplo, é “produzida com as castas de Arinto e Fernão Pires e com notas de maracujá, maçã verde, ananás e hortelã”.

Já a tinta é preparada com “Aragonez, Castelão, Touriga Nacional e Alfrocheiro, com notas de lima e limão”. Por fim, a rosé junta as “castas de Aragonez, Castelão, Touriga Nacional e Alfrocheiro”.

Leia Também: Uma foccacia, nachos ou um prego? Em poucos minutos tem tudo em casa

Cada 100 ml desta sangria tem 46,50 calorias. “A pouca quantidade de açúcar e o pequeno teor alcoólico são fatores diferenciadores”, continuam.

Apesar de estarem há pouco tempo no mercado têm recebido várias críticas positivas. “Não há ninguém que fique indiferente ao nosso produto e temos inclusive muitos consumidores que não bebiam sangrias devido à sua inconsistência e que neste momento são fãs da Bacana.”

Esta é uma bebida que vai bem com vários tipos de gastronomia e ocasiões. “Desde pratos portugueses, italianos, sushi, a umas tapas ou mesmo só um encontro para desfrutar de uma bebida.”

As sangrias estão disponíveis em garrafas de 0,75 cl e 0,25 cl, mas também em latas com 0,25 cl. Estão à venda no El Corte Inglés e noutras lojas de distribuidores nacionais, como é o caso da Garrafeira Soares. Custam a partir de 1,95€.

Os próximos objetivos da marca passam por consolidar o produto e também apresentar novidades todos os anos.

Leia Também: Lisboa. Os novos restaurantes que o tiram de casa para jantar (e não só)

Recomendados para si

;

Receba dicas para uma vida melhor!

Moda e Beleza, Férias, Viagens, Hotéis e Restaurantes, Emprego, Espiritualidade, Relações e Sexo, Saúde e Perda de Peso

Obrigado por ter ativado as notificações de Lifestyle ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório