Meteorologia

  • 08 AGOSTO 2020
Tempo
24º
MIN 19º MÁX 31º

Edição

Células T: Estudo explica porque é que a pandemia 'poupa' as crianças

Diferenças no pulmão e no sistema imunitário podem ser o motivo pelo qual as crianças não apresentam, na maioria dos casos, estados graves da Covid-19.

Células T: Estudo explica porque é que a pandemia 'poupa' as crianças
Notícias ao Minuto

08:33 - 10/07/20 por Teresa David 

Lifestyle Covid -19

De acordo com um estudo, publicado na revista 'American Journal of Physiology - Lung Cell and Molecular Physiology', apenas cerca de 1,7% dos primeiros 149.082 casos nos EUA eram bebés, crianças e adolescentes com menos de 18 anos. A acrescentar, segundo o mesmo estudo, crianças menores de 18 anos representam 22% da população dos EUA e apenas três mortes pediátricas foram identificadas pelo Centro de Controlo e Prevenção de Doenças (CDC) em abril de 2020.

As diferenças na fisiologia pulmonar e na função imunitária em crianças podem ser o motivo pelo qual são mais frequentemente poupadas de consequências graves associadas à Covid-19, quando compradas com os adultos, afirmam os investigadores.

De acordo com os mesmos, o SARS-CoV-2 utiliza a enzima ACE2, presente nas nossas células, como porta de entrada, mas o novo estudo mostra que as crianças têm uma quantidade muito menor da enzima no corpo do que os adultos. "O ACE2 é importante para a entrada de vírus e parece haver menos em crianças porque aumentam com a idade", disse o autor principal do estudo, Matthew Harting, do Centro de Ciências da Saúde da Universidade do Texas, citado pela Morung Express.

A acrescentar, o sistema imunitário dos mais novos responde ao novo coronavírus de maneira distinta dos adultos. As crianças conseguem reter as células T, por exemplo, que são capazes de combater ou limitar a inflamação. "As células T têm uma resposta viral e também uma resposta imunitária reguladora. Em casos graves de pacientes adultos com Covid-19, vimos que essas células T são reduzidas, portanto a capacidade de combater o vírus também é reduzida", afirmou o co-autor do estudo, Harry Karmouty-Quintana. "Nas crianças, essas células T parecem ser mantidas, portanto ainda são capazes de prevenir o vírus", acrescentou Karmouty-Quintana.

Leia Também: OMS alerta para impacto da pandemia em mulheres, jovens e crianças

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo quarto ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Receba dicas para uma vida melhor!

Moda e Beleza, Férias, Viagens, Hotéis e Restaurantes, Emprego, Espiritualidade, Relações e Sexo, Saúde e Perda de Peso

Obrigado por ter ativado as notificações de Lifestyle ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório