Meteorologia

  • 08 DEZEMBRO 2019
Tempo
13º
MIN 12º MÁX 17º

Edição

Popular anti-inflamatório aumenta risco de diabetes em apenas 7 dias

Prednisolona, um medicamento usado para tratar a asma e artrite prejudica a regulação dos níveis de açúcar do sangue.

Popular anti-inflamatório aumenta risco de diabetes em apenas 7 dias
Notícias ao Minuto

13:00 - 15/11/19 por Liliana Lopes Monteiro  

Lifestyle Anti-inflamatório vendido em Portugal

A toma de prednisolona durante somente uma semana, um anti-inflamatório comum usado para tratar asma, artrite, alergias, eczema e síndrome do intestino irritável, e vendido em Portugal, é suficiente para aumentar o risco de diabetes tipo 2, segundo informações do jornal britânico Daily Mail. É o que revela um estudo realizado por investigadores da Universidade Sapienza de Roma, em Itália, apresentado durante a Conferência Anual da Sociedade de Endocrinologia, realizado recentemente em Brighton, no Reino Unido.

Não é novidade que o uso de esteroides por longos períodos prejudica a regulação do açúcar no sangue. Por sua vez, o controle inadequado do açúcar no sangue leva à resistência à insulina, considerada um dos principais fatores de risco para o desenvolvimento de diabetes tipo 2.

A questão é que o novo estudo mostrou que o uso de um dos tipos de esteroides mais comuns, a prednisolona, aumenta esse risco após um curto período de uso. “Este é o primeiro estudo a examinar os efeitos metabólicos a curto prazo de doses comummente prescritas de glicocorticoides em homens saudáveis. [Isso] indica que, mesmo com doses mais baixas, o metabolismo da glicose é prejudicado, sugerindo um risco aumentado de diabetes com o tratamento continuado", disse Riccardo Pofi, líder do estudo. 

O estudo

Os cientistas recrutaram 16 voluntários homens, saudáveis. Seis participantes receberam 10 mg de prednisolona e 10 voluntários receberam 15 mg do medicamento, ao longo de sete dias. Ambas as doses são consideradas baixas. O peso e os marcadores metabólicos dos participantes foram avaliados antes e depois da intervenção.

Os resultados mostraram que os níveis de açúcar no sangue em jejum, o peso, o colesterol e a saúde geral não foram afetados pelo medicamento. No entanto, no grupo que recebeu 15 mg de prednisolona teve dificuldade em controlar os níveis de açúcar no sangue, o que significa que foram menos capazes de usar com eficiência a insulina. Conhecido como baixa sensibilidade à insulina, o problema pode causar diversos danos à saúde, incluindo diabetes.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Receba dicas para uma vida melhor!

Moda e Beleza, Férias, Viagens, Hotéis e Restaurantes, Emprego, Espiritualidade, Relações e Sexo, Saúde e Perda de Peso

Obrigado por ter ativado as notificações de Lifestyle ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório