Meteorologia

  • 22 ABRIL 2019
Tempo
16º
MIN 14º MÁX 18º

Edição

Uma em cada 20 pessoas acorda durante cirurgias. Saiba mais

As anestesias gerais devem tirar a dor do paciente e deixá-lo inconsciente, mas infelizmente tal nem sempre acontece.

Uma em cada 20 pessoas acorda durante cirurgias. Saiba mais
Notícias ao Minuto

14:30 - 21/03/19 por Liliana Lopes Monteiro  

Lifestyle Pesadelo

Por muitos anos, pouco se sabia dos mistérios que rondavam os efeitos da anestesia, como explica a reportagem da revista Galileu. Estima-se que 5% das pessoas acordem na mesa de operações.

“Mais de três milhões de anestésicos gerais são usados por ano apenas no Reino Unido”, conta Peter Odor, do Hospital St.George de Londres, em entrevista ao site Mosaic.

“Como consequência, é mais do que provável de que agora mesmo alguém, em algum lugar do mundo, esteja consciente durante uma cirurgia". 

Este foi o caso de Donna Penner, uma mulher canadiana de 55 anos que ainda guarda memórias de sua experiência traumática. “Agora qualquer coisa que me aperte nem que seja ligeiramente o pescoço faz com que me sinta sufocada”, relata Penner. Ela conta ainda que tem pelo menos dois pesadelos por semana e está de baixo do trabalho devido trauma de acordar enquanto era operada.

O trauma de Penner é resultado de um procedimento cirúrgico que enfrentou. Após apresentar uma hemorragia e forte dores menstruais, o médico da família recomendou-lhe que se submetesse a uma cirurgia exploratória para investigar os sintomas. Mas, durante a operação de rotina, por motivos ainda desconhecidos, a anestesia geral não funcionou. 

Penner acordou logo antes do cirurgião realizar o primeiro corte no seu abdómen. Com o corpo ainda paralisado pelas drogas, a mulher não conseguiu sinalizar ou pedir socorro, permanecendo congelada enquanto experienciava uma terrível agonia.

Outros casos 

O Registo de Consciencialização para Anestesias da Universidade de Washington, nos Estados Unidos, coletou 340 casos semelhantes.

Quase todos os pacientes contactados relataram ter ouvido vozes ou ruídos enquanto estavam sob anestesia— os olhos costumam estar fechados em cirurgias, então experiências visuais são bem menos comuns. “Eu ouvi um tipo de música e tentei entender o motivo do meu cirurgião ter escolhido aquela canção”, um paciente contou. “Ouvi várias vozes ao meu redor que pareciam estar em pânico. Ouvi-as dizer que me estavam a perder”.

Mais de 70% das pessoas relataram ter sentido dor. “Eu senti um furo e uma sensação de queimadura em quatro incisões, como se uma faca cortasse um dedo”, um indivíduo descreveu.  

"Há duas partes das quais me lembro claramente", escreveu um paciente que teve o fémur aberto. "Eu ouvi a broca, senti a dor e também a vibração por toda a cintura. A próxima parte foi um movimento na perna e o bater de um 'prego'." Segundo ele, a dor "foi como nada que eu imaginei ser possível". 

Milagre médico

Apesar de alguns casos assustadores, ainda é a minoria das pessoas que acorda após a anestesia. O medicamento é um avanço grandioso da história da medicina em termos de comparação à época de Aristóteles, em que os médicos sonhavam em descobrir métodos de aliviar a dor durante esses procedimentos. Álcool, ópio e cicuta podiam ser usados como sedativos, mas a eficiência dessas drogas não era de todo confiável. 

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Receba dicas para uma vida melhor!

Moda e Beleza, Férias, Viagens, Hotéis e Restaurantes, Emprego, Espiritualidade, Relações e Sexo, Saúde e Perda de Peso

Obrigado por ter ativado as notificações de Lifestyle ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório