Meteorologia

  • 18 FEVEREIRO 2019
Tempo
12º
MIN 12º MÁX 13º

Edição

Bom dia! Prefere café ou chá? A resposta está nos seus genes

Cientistas sugerem que o ADN contém determinadas características que nos fazem sentir mais ou menos o sabor amargo de uma bebida, condicionando consequentemente as nossas preferências.

Bom dia! Prefere café ou chá? A resposta está nos seus genes
Notícias ao Minuto

08:00 - 24/01/19 por Liliana Lopes Monteiro  

Lifestyle A ciência explica

Gosta mais de chá ou de café? A resposta pode estar no seu ADN, garantem os cientistas.

Uma nova pesquisa publicada no periódico Scientific Reports revela que existe uma predisposição genética para detetar a amargura de algumas substâncias, o que por sua vez nos influencia a gostar mais de uma bebida ou de outra.

Para efeitos daquela experiência, foram recolhidos dois conjuntos de dados.

O primeiro, incidiu sobre variantes genéticas particulares aos ancestrais europeus, que estão associadas ao paladar de diferentes sabores.

O segundo, envolveu uma pesquisa de dados do UK Biobank, um levantamento que recrutou centenas de milhares de participantes entre os 37 e 73 anos, entre 2006 e 2010, e que envolveu a coleta de dados genéticos, bem como informações sobre saúde.

“O estudo acrescenta à nossa compreensão de fatores que determinam preferências de bebidas, o paladar em especial”, disse a coautora da pesquisa, Marilyn Cornelis, da Northwestern University em Illinois, em entrevista ao jornal The Guardian.

A equipa concluiu que as pessoas que tinham uma predisposição genética para detetar a maior amargura do café, consumiam menos a bebida e vice-versa. Os mesmos padrões foram observados em relação ao chá.

Os cientistas observaram ainda que os participantes que possuíam maior perceção do componente amargo apresentavam uma maior probabilidade de se tornarem alcoólicos, comparativamente ao grupo oposto.

“Dado que os humanos geralmente evitam sabores mais amargos, interpretamos esses resultados como um possível padrão de comportamento”, afirma Corneslis.

A especialista refere ainda que as descobertas relativamente ao chá são mais difíceis de explicar. “A preferência pelo chá pode ser vista como uma consequência da abstenção do café, porque os nossos genes podem considerar o café um pouco amargo demais para o paladar”, completou Jue Sheng Ong, autora da pesquisa do Instituto de Pesquisa Médica QIRO Berghofer na Austrália.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Receba dicas para uma vida melhor!

Moda e Beleza, Férias, Viagens, Hotéis e Restaurantes, Emprego, Espiritualidade, Relações e Sexo, Saúde e Perda de Peso

Obrigado por ter ativado as notificações de Lifestyle ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório