Meteorologia

  • 23 OUTUBRO 2019
Tempo
15º
MIN 14º MÁX 19º

Edição

Natal saudável à mesa? Descubra as dicas que podem fazer a diferença

A quadra festiva é propícia a levar-nos a cometer alguns pecados alimentares durante e fora das refeições, mas deve ser celebrada sem sentimentos de culpa.

Natal saudável à mesa? Descubra as dicas que podem fazer a diferença

Desde que faça as escolhas certas no que concerne à alimentação, e não deixar de lado a atividade física, poderá desfrutar das tentações de Natal sem perder a linha. Aceite o desafio e prepare uma ceia de Natal saudável, com as dicas da nutricionista parceira do Fitness Hut, Ana Brázia Santos.

O Natal está próximo e é uma época caracterizada por reencontros, tradições e de momentos passados em família, sendo que muitos deles são à volta de uma mesa onde os sonhos, as rabanadas e azevias marcam presença e como tal, há maior tendência para se cometerem excessos.

Mas há sempre uma maneira de contornar a situação e ter um equilíbrio entre ambas as partes: uma quadra repleta de tradição e ao mesmo tempo saudável!

Para que esse equilíbrio aconteça, aqui vão algumas dicas que podem fazer toda a diferença:

- Inicie as refeições principais com uma sopa de legumes em vez das tradicionais entradas (pasteis de bacalhau, queijos, patês, tostas, oleaginosas, fruta desidratada, são apenas alguns exemplos); para além de saciante, a sopa é uma forma simples de reduzir o aporte energético da refeição;

- Tenha sempre presente os hortícolas e em maior quantidade face ao acompanhamento (arroz, batata, castanhas ou outro tipo de hidratos de carbono); nesta época, as couves são dos hortícolas mais utilizados e característicos da época e pode sempre optar por diferentes formas de as confecionar;

- Para quem faz algum tipo de doçaria em casa há muito mais facilidade em controlar quer a qualidade como quantidade.

- A nível de quantidade, reduza as porções num todo (reduzir a receita para metade, por exemplo ou fazer uni doses) como as quantidades de determinados ingredientes como a do açúcar e/ou gordura da própria receita.

A nível de qualidade, há melhores alternativas fase às convencionais:

- Açúcar: substituir por açúcar de coco, tâmaras, mel ou açúcar mascavado;

- Farinhas: opte por farinhas integrais; pode também optar por outro tipo de farinhas como a aveia, o centeio, a espelta, trigo sarraceno, farinha de coco... alternativas é o que não falta;

- Gordura: evite ao máximo as margarinas/cremes vegetais e prefira o azeite e óleo de coco; é claro que todas elas são fontes de gordura, umas melhores alternativas que outras, contudo, todas elas têm elevado valor energético;

- Chocolate: caso seja em pó, opte pelo light visto ter uma redução do teor de açúcar face ao tradicional, contudo, o cacau cru é a melhor opção; no que toca à tablete, quanto maior a % de cacau, melhor e sim, sempre acima dos 75% de cacau.

Contudo, se analisarmos melhor, a ceia e o dia de Natal, por vezes representa uma pequena percentagem dos excessos cometidos pois, para muitos, os jantares entre amigos e de trabalho são o ponto de partida para os ‘extravios’ feitos durante o mês de dezembro.

Por essa mesma razão é importante ter também alguns cuidados:

- Prefira entradas mais ‘leves’ como uns ovos mexidos com cogumelos e/ou espargos ou mesmo uns mexilhões ou amêijoas à bulhão pato;

- Evite ao máximo tudo o que seja frito;

- Opte por hortícolas como acompanhamento essencial do prato principal;

- Modere o consumo de álcool (são calorias vazias);

- Se for daqueles que não consegue dizer não à sobremesa, divida-a!

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Receba dicas para uma vida melhor!

Moda e Beleza, Férias, Viagens, Hotéis e Restaurantes, Emprego, Espiritualidade, Relações e Sexo, Saúde e Perda de Peso

Obrigado por ter ativado as notificações de Lifestyle ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório