Meteorologia

  • 23 FEVEREIRO 2020
Tempo
17º
MIN 11º MÁX 23º

Edição

Doença do fígado gordo. Comer este alimento pode reverter os sintomas

Fígado gordo é um termo que significa acumulação de gordura nas células do fígado. Em termos médicos, denomina-se esteatose hepática.

Doença do fígado gordo. Comer este alimento pode reverter os sintomas
Notícias ao Minuto

22:00 - 03/10/18 por Liliana Lopes Monteiro  

Lifestyle Patologias que matam

Trata-se de uma doença frequente que, em Portugal, afeta cerca de 15% dos adultos . Em termos globais, atinge cerca de 30% da população independentemente da idade, género ou etnia. Os homens tendem a ser os mais afetados, sobretudo em idades mais avançadas, e também as mulheres após a menopausa.

Porém, é possível aliviar os sintomas associados ao fígado gordo através da adoção de algumas mudanças na alimentação.

A doença que surge muitas vezes devido ao consumo excessivo de álcool e à obesidade, pode provocar cirrose e até cancro.

De forma a reduzir o risco de aparecimento da patologia é aconselhável fazer algumas alterações na dieta e estilo de vida.

O que deve comer para reverter o fígado gordo?

A organização britânica dedicada à saúde do fígado, a British Liver Trust, recomenda reduzir o consumo de alimentos com alto teor de gordura.

Alimentos saturados, tais como manteiga, margarina, banha e maionese podem ser detrimentais para o fígado, quando consumidos regularmente.

A associação sugere ao invés, o uso de alternativas com pouca gordura de modo a diminuir o risco de incidência de esteatose hepática.

Ingerir mais azeite pode também ajudar a reverter os sintomas.

O liquido de origem vegetal contém valores elevados de ómega-3, tornando-o uma excelente opção para cozinhar.

Uma pesquisa publicada no periódico científico NCBI apurou que o azeite pode não só baixar o índice de massa corporal (IMC), assim como os níveis de gordura no organismo.

Explicando: “Ainda existem poucos estudos que abordam a questão, no entanto os que existem são promissores e apontam para os benefícios do consumo de azeite como suplementação para quem sofre com doenças do fígado”.

“Um estudo com a duração de um ano, acompanhou 11 pacientes que sofriam de esteatose hepática, seis ingeriram 6,5 militros de azeite diariamente, enquanto que cinco receberam doses placebo”.

“No final do tratamento, os pacientes que tinham consumido aquele óleo apresentavam uma redução significativa do valor de enzimas e de triglicéridos presentes no fígado e um aumento dos níveis de adiponetina comparativamente aos restantes cinco indivíduos”.

Pergunta-se se sofre de esteatose hepática?

Eis cinco sinais que deve ter em atenção:

1. Dor ou ardor na zona do abdómen;

2. Sensação de fadiga extrema;

3. Perda de peso inexplicável;

4. Arelecimento da pele e dos olhos;

5. Inchaço das pernas, tornozelos, pés ou da barriga.

O Lifestyle ao Minuto já está no Instagram! Siga aqui a nova página

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo quarto ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Receba dicas para uma vida melhor!

Moda e Beleza, Férias, Viagens, Hotéis e Restaurantes, Emprego, Espiritualidade, Relações e Sexo, Saúde e Perda de Peso

Obrigado por ter ativado as notificações de Lifestyle ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório