Meteorologia

  • 16 NOVEMBRO 2019
Tempo
MIN 8º MÁX 14º

Edição

Decoradora de 'Querido Mudei a Casa' diagnosticada com doença rara

Ana Antunes foi operada a um tumor localizado entre a veia cava e a traqueia.

Decoradora de 'Querido Mudei a Casa' diagnosticada com doença rara

No dia Mundial da Luta Contra o Cancro, assinalado a 4 de fevereiro, uma das mais famosas decoradoras do programa de sucesso ‘Querido Mudei a Casa’, Ana Antunes, usou o seu blog para partilhar com os seus seguidores o motivo da sua ausência temporária e explicar o porquê de estar com uma voz diferente. 

“Após regressar de umas férias onde tinha ficado com uma tosse que não melhorava, eu que nunca dou muita importância a estas coisas de tosses e constipações, decidi sair do escritório ao final de um dia de trabalho e ir às urgências, em vez de ir para casa.”, começa por contar. 

Nas urgências, foi aconselhada a fazer uma TAC e foi aí que descobriu que tinha “um linfoma localizado entre a veia cava e a traqueia, e que devido às dimensões estava já a pressionar a veia cava”. 

“Fui operada no espaço de 15 dias, para retirar o tumor e numa cirurgia de risco dado a localização em que se encontrava, e que já estava a provocar outros sintomas por causa da compressão da veia cava como cansaço, falta de ar, e edema (inchaço) dos membros superiores e inferiores”, lembra Ana Antunes, voltando aos últimos meses de 2018. 

Quando acordou da operação, a decoradora descobriu que estava “com uma das cordas vocais paralisada e sem voz”. “Claro que se seguiram alguns dias de pânico a pensar que não ia conseguir gravar mais o Querido [Mudei a Casa], que não iria conseguir trabalhar e falar com os clientes...”

Ana voltou a conseguir falar após ser submetida a nova cirurgia, “embora ainda tenha um grande caminho a percorrer com tratamentos e terapia da voz”. O adiantar do processo trouxe-lhe finalmente um diagnóstico: “tenho uma doença rara cuja estatística é de 23 pessoas diagnosticadas em um milhão, e que se chama doença de Castleman.”, revela. 

“No fundo trata-se de um linfoma benigno que se pode desenvolver na região torácica ou na região do abdómen e que, dependendo da sua localização, pode tornar-se mais grave ou menos grave, operável ou não operável.”, no seu caso foi operável e não precisou de quimioterapia.

“Eu não tive medo de partir, só tive medo do sofrimento que ia causar aos que cá ficavam... só pensava como é que vão ficar os meus dois filhos. O Martim - o mais novo, e o que é que vai acontecer ao ‘Querido Mudei a Casa’ - o que eu por piada chamo de meu filho mais velho.”, concluiu Ana Antunes, na esperança de deixar uma mensagem de esperança a quem vive situações semelhantes. 

Por fim, a decoradora partilhou uma foto tirada na época em que esteve internada. “Tinha dois tubos no braço e mais um a drenar o pulmão, dores de morrer e não conseguia falar porque tinha uma corda vocal paralisada... era o meu estado nesta foto..”, recorda.

Notícias ao Minuto[A imagem a que se refere a decoradora]© Reproduções blog / Ana Antunes

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Receba as notícias dos famosos, realeza, moda e as mulheres mais elegantes.

O mundo das celebridades com fotos, vídeos e noticias de atores, atrizes e famosos.

Obrigado por ter ativado as notificações de Fama ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório