Meteorologia

  • 15 DEZEMBRO 2018
Tempo
16º
MIN 16º MÁX 16º

Edição

Trabalhadores mais valiosos do futuro serão... os polímatas. É um deles?

Polímatas são pessoas cujo conhecimento não está restrito a uma única área.

Trabalhadores mais valiosos do futuro serão... os polímatas. É um deles?
Notícias ao Minuto

08:30 - 07/01/18 por Filipa Matias Pereira 

Economia Empregabilidade

Um estudo levado a cabo pela Deusto Business School e a empresa de inovação 3M concluiu que os “polímatas serão os profissionais mais procurados na nova era digital”. Mas o que são, afinal, polímatas? A resposta é simples: tratam-se de pessoas cujo conhecimento não está restrito a uma única área.

O referido estudo tinha como objetivo “entender este fenómeno da polimatia que levou o génio humano aos seus níveis mais elevados durante o Renascimento e que vai voltar a brilhar na era digital”.

Num cenário de profunda evolução, “em que a cada 10 anos se duplica a produção científica, a polimatia parece fazer um novo sentido”. Isto porque, refere um comunicado a que o Notícias ao Minuto teve acesso, “a mudança tecnológica e a concorrência global geram mais incentivos do que nunca para inovar e a economia digital é um terreno fértil para que o polímata desenvolva todo o seu talento, pois uma mente habituada a questionar constantemente a realidade com facilidade para a aprendizagem e capacidade para encontrar soluções imaginativas é especialmente útil em novos cenários”.

Neste contexto, acredita-se que os “trabalhadores mais valiosos do futuro não serão os melhores engenheiros ou programadores, serão os polímatas, pessoas com grandes conhecimentos técnicos, mas também capazes de compreender as necessidades da empresa e dos seus clientes”.

Na opinião de Francisco González-Bree, professor de inovação da Deusto Business School e coautor do estudo, “a inovação requer um aprofundamento do chamado ‘efeito Medici’, que procura inovações nas interseções de setores e disciplinas. Na Deusto Business School fomentamos essa procura e acreditamos firmemente na inovação como uma alavanca indispensável para o crescimento e a sustentabilidade das empresas”.

Já para Estrella Cabrero, responsável de inovação da 3M Ibéria, “a inovação contínua é agora mais necessária do que nunca devido à mudança tecnológica e à competitividade global. As empresas estão a gerar um valor incrível através da união de diferentes ramos da tecnologia para criar novos produtos, serviços e processos complexos destinados a resolver os grandes e pequenos problemas do mundo”.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Receba as melhoras dicas de gestão de dinheiro, poupança e investimentos!

Tudo sobre os grandes negócios, finanças e economia.

Obrigado por ter ativado as notificações de Economia ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório