Meteorologia

  • 02 MARçO 2021
Tempo
10º
MIN 8º MÁX 18º

Edição

Avaliação de casas pela banca voltou a aumentar em outubro

O mercado imobiliário em Portugal continua a ganhar valor, com um 'empurrão' decisivo dos bancos.

Avaliação de casas pela banca voltou a aumentar em outubro

Galopante: assim se pode descrever o aumento do preço do metro quadrado nas casas portuguesas. Mais uma vez, o INE divulgou um boletim com a avaliação feita pelos bancos, e a tendência de subida mantém-se inalterada. 

"O valor médio de avaliação bancária para o total do País fixou-se em 1 141 euros por metro quadrado (euros/m2) em outubro, 6 euros superior ao observado em setembro. Este valor representa um aumento de 0,5% em relação ao registado no mês precedente e 5,6% face ao mesmo mês do ano anterior", explica o Instituto Nacional de Estatística no resumo que acompanha a divulgação dos dados. 

"No mês em análise, verificou-se uma subida mensal de 1,0% no valor médio das avaliações bancárias das Moradias. Já os Apartamentos registaram uma variação nula face ao verificado em setembro. A nível regional, as maiores subidas mensais registaram-se na Região Autónoma da Madeira (1,7%) e no Algarve (1,5%). A única descida verificou-se na Região Autónoma dos Açores (-0,5%)." 

"Em comparação com o período homólogo, o valor médio de avaliação registou um crescimento de 5,6% em outubro (5,5% em setembro). As variações mais significativas observaram-se na Região Autónoma da Madeira (7,1%), no Centro (7,0%) e no Algarve (6,8%). A Região Autónoma dos Açores foi aquela que apresentou o menor dos crescimentos (0,5%)", explica o INE. 

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Quinto ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Receba as melhores dicas de gestão de dinheiro, poupança e investimentos!

Tudo sobre os grandes negócios, finanças e economia.

Obrigado por ter ativado as notificações de Economia ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório