Meteorologia

  • 18 AGOSTO 2022
Tempo
31º
MIN 17º MÁX 32º

Bruxelas quer ouvir clientes antes de decidir sobre compromissos

A Comissão Europeia quer ouvir os clientes da Gazprom antes de decidir sobre os compromissos propostos pela empresa para responder às preocupações de Bruxelas em matéria de concorrência relativas aos mercados do gás da Europa Central e Oriental.

Bruxelas quer ouvir clientes antes de decidir sobre compromissos
Notícias ao Minuto

12:18 - 13/03/17 por Lusa

Economia Gazprom

"A Gazprom é bem-vinda para vender o seu gás na Europa, mas tem que cumprir as regras", disse a comissária europeia para a Concorrência, Margrethe Vestager, em conferência de imprensa.

Os compromissos propostos pela empresa russa "dão resposta às nossas preocupações em matéria de concorrência e fornecem uma solução orientada para o futuro em conformidade com as regras da União Europeia (UE)", disse a comissária.

Considerando que a questão do mercado do gás "é importante para milhões de cidadãos europeus que dependem do gás para aquecer as suas casas e as suas empresas", Vestager sublinhou que a Comissão Europeia quer "agora ouvir os clientes e as outras partes interessadas". Pontos de vista, acrescenta, que Bruxelas irá "analisar atentamente antes de tomar qualquer decisão".

Em causa está o envio de Bruxelas para Moscovo, em abril de 2015, de uma comunicação de objeções em que a Comissão Europeia afirma, a título preliminar, que a Gazprom infringiu as regras da UE em matéria 'antitrust' ao prosseguir uma estratégia global de compartimentação dos mercados do gás na Europa Central e Oriental.

Os compromissos propostos pela Gazprom, na opinião de Bruxelas, respondem às suas preocupações em matéria de concorrência, uma vez que ajudam a integrar melhor os mercados do gás da Europa Central e Oriental, facilitando os fluxos transfronteiras do gás a preços competitivos.

Em especial, a Comissão considera que os compromissos da Gazprom atingem os seus objetivos relativamente a cada uma das preocupações do ponto de vista da concorrência, porque asseguram, nomeadamente, que as restrições à revenda de gás transfronteiras são eliminadas de uma vez por todas e são facilitados os fluxos transfronteiras do gás nos mercados de gás da Europa Central e Oriental.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Sexto ano consecutivo Escolha do Consumidor e Prémio Cinco Estrelas para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download

;

Receba as melhores dicas de gestão de dinheiro, poupança e investimentos!

Tudo sobre os grandes negócios, finanças e economia.

Obrigado por ter ativado as notificações de Economia ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório