Meteorologia

  • 27 SETEMBRO 2021
Tempo
21º
MIN 14º MÁX 26º

Edição

Crise tirou 24% do rendimento aos portugueses mais pobres

Conclusão é do economista Carlos Farinha Rodrigues.

Crise tirou 24% do rendimento aos portugueses mais pobres

As políticas de austeridade impostas nos últimos quatro anos agravaram as desigualdades económicas e sociais em Portugal.

Em declarações à Rádio Renascença, o economista Carlos Farinha Rodrigues afirmou que foram os mais pobres os que mais rendimentos perderam.

“Entre 2009 e 2013, e de acordo os dados do INE, o rendimento dos 10% mais ricos desceu 8%. Nesse mesmo período, o rendimento dos 10% mais pobres desceu 24%”, afirmou o economista.

O professor do ISEG explicou ainda que com este aumento das desigualdades “dificilmente conseguimos um processo de desenvolvimento e de crescimento sustentados”.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Quinto ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Receba as melhores dicas de gestão de dinheiro, poupança e investimentos!

Tudo sobre os grandes negócios, finanças e economia.

Obrigado por ter ativado as notificações de Economia ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório