Meteorologia

  • 02 ABRIL 2020
Tempo
17º
MIN 7º MÁX 19º

Edição

Dados das empresas podem estar a ser comprometidos

Fiscalistas alertam para perda de rigor e ética por parte da Autoridade Tributária.

Dados das empresas podem estar a ser comprometidos

Depois de ter sido noticiado a existência da lista de contribuintes VIP, os fiscalistas temem que a Autoridade Tributária partilhe informações sensíveis de algumas empresas. Para eles, é importante que seja garantida a proteção dos dados empresariais.

“Tem de se perceber até que ponto é que se está numa situação de ‘voyeurismo’ fiscal e em violação de todas as regras fiscais em relação à informação estratégica sobre o funcionamento das empresas”, explica o fiscalista Samuel Fernandes de Almeida.

Remetendo para o passado, Samnuel Fernandes de Almeida dá conta que “há uns anos havia uma empresa que se recusava a prestar informações ao Fisco sobre o dossiê de preços de transferência que continha informações sensíveis como as relações intragrupos, relações especiais e tudo o que é formação de preços”.

“Não tinham garantias de que não haveria fuga de informação”, frisa. “Estavam disponíveis para prestar informações e para serem inspecionados, mas não para enviar o dossiê para as Finanças”.

Por sua vez, o ex-diretor de serviços do IRS, Manuel Faustino indica outra possibilidade de fuga de informação para uma empresa que pretende comprar outra e quer saber qual a situação da mesma.

Os fiscalistas criticam a utilização que o Fisco tem feito dos dados dos contribuintes, chegando mesmo a considerar que estão a ser destruídos todos os valores e que há uma perda de rigor e ética.

Como solução indicam “um sistema inteligente que promova a prevenção”.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo quarto ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Receba as melhores dicas de gestão de dinheiro, poupança e investimentos!

Tudo sobre os grandes negócios, finanças e economia.

Obrigado por ter ativado as notificações de Economia ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório