Meteorologia

  • 14 ABRIL 2024
Tempo
18º
MIN 18º MÁX 29º

Bolsa de Lisboa em alta com Mota-Engil a liderar as subidas

A bolsa de Lisboa negociava hoje em alta ligeira, com as ações da Mota-Engil a subirem 1,03% para 5,86 euros e as da Navigator a descerem 1,39% para 3,69 euros.

Bolsa de Lisboa em alta com Mota-Engil a liderar as subidas
Notícias ao Minuto

09:47 - 04/03/24 por Lusa

Economia Bolsas

Cerca das 09:10 em Lisboa, o PSI avançava 0,04% para 6.202,16 pontos, com 10 'papéis' a subir, cinco a descer e um a manter a cotação (Altri em 4,47 euros).

Às ações da Mota-Engil seguiam-se as da Galp, Semapa e EDP, que avançavam 0,98% para 15,01 euros, 0,73% para 13,74 euros e 0,60% para 3,71 euros.

As ações da REN, Ibersol e EDP Renováveis subiam 0,45% para 2,23 euros, 0,31% para 6,50 euros e 0,19% para 13,03 euros.

Ainda nas subidas, as ações da Jerónimo Martins, Greenvolt e BCP avançavam 0,18% para 21,76 euros, 0,12% para 8,15 euros e 0,07% para 0,27 euros.

Em sentido contrário, a seguir às ações da Navigator as que mais se desvalorizavam eram as da NOS, Corticeira Amorim e CTT, que caíam 0,67% para 3,25 euros, 0,42% para 9,40 euros e também 0,42% para 3,60 euros.

As ações da Sonae desciam 0,12% para 0,86 euros.

As principais bolsas europeias estavam hoje em baixa, à espera do indicador de confiança dos investidores na zona euro.

Analistas da Link Securities, citados pela Efe, esperam que as bolsas europeias façam hoje uma "pausa", enquanto aguardam os acontecimentos mais importantes, que terão lugar nas duas últimas sessões da semana.

A reunião de política monetária do BCE, na quinta-feira, e a subsequente conferência de imprensa da sua presidente, Christine Lagarde, bem como a publicação, na sexta-feira, do relatório de emprego dos EUA relativo a fevereiro.

O presidente da Reserva Federal dos EUA (Fed), Jerome Powell, também deverá comparecer perante o Congresso na quarta-feira, onde poderá reiterar a ideia de esperar para começar a reduzir as taxas.

No mercado do petróleo, o Brent, a referência na Europa, estava a subir, depois de a OPEP+ ter prolongado os cortes de dois milhões de barris por dia até ao final de junho, "uma medida já esperada face à elevada oferta dos EUA e à incerteza sobre a procura", afirmam especialistas da Renta4, também citados pela Efe.

O barril de petróleo Brent para entrega em maio abriu hoje em alta, a cotar-se a 83,72 dólares no Intercontinental Exchange Futures (ICE) de Londres, contra 83,55 dólares na sexta-feira.

Do outro lado do Atlântico, Wall Street fechou a verde na sexta-feira.

A nível cambial, o euro abriu a valorizar-se no mercado de câmbios de Frankfurt, a cotar-se a 1,0849 dólares, contra 1,0837 dólares na sessão anterior.

Leia Também: Bolsas europeias em baixa, pendentes da confiança dos investidores

Recomendados para si

;

Receba as melhores dicas de gestão de dinheiro, poupança e investimentos!

Tudo sobre os grandes negócios, finanças e economia.

Obrigado por ter ativado as notificações de Economia ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório