Meteorologia

  • 22 ABRIL 2024
Tempo
19º
MIN 15º MÁX 27º

Wall Street fecha sem rumo com deceção nos indicadores e expectativa com inflação

A bolsa nova-iorquina encerrou hoje em rumo uma sessão sem lustro do lado dos indicadores, com os investidores na expectativa das notícias sobre a inflação nos EUA, a divulgar ainda esta semana.

Wall Street fecha sem rumo com deceção nos indicadores e expectativa com inflação
Notícias ao Minuto

22:52 - 27/02/24 por Lusa

Economia Wall Street

O índice seletivo Dow Jones Industrial Average perdeu 0,25%, ao passo que o tecnológico Nasdaq avançou 0,37% e o alargado S&P500 progrediu 0,17%

Os investidores foram confrontados com uma queda inesperada em fevereiro do índice de confiança dos consumidores norte-americanos.

Medido pelo Conference Board, a moral das famílias baixou dos 110,9 pontos de janeiro para 106,7 agora, em vez da subida esperada pelos analistas para 115,1

"A baixa da confiança dos consumidores em fevereiro interrompeu uma tendência de subida que durava há três meses, o que reflete a incerteza persistente quanto à economia" dos EUA, declarou Dana Peterson, economista-chefe do Conference Board.

Outro sinal negativo veio das encomendas de bens duradouros nos EUA que, em janeiro, caíram mais do que esperado. Afetadas pelo setor dos transportes, baixaram 6,1%, em vez dos 5% aguardados.

"As empresas continuam confrontadas com dificuldades ligadas à subida dos custos dos empréstimos e ao aperto das condições de acesso a este. Em todo o caso, a baixa das taxas de juro este ano pode ajudar a apoiar a atividade a prazo", comentou Rubeela Farooqi, economista-chefe da High Frequency Economics.

"Começámos mal o dia", com dados económicos menos bons do que previsto, resumiu Jack Ablin, analista da Cresset. "Mas, se a sessão correu sem motivos de admiração para as grandes capitalizações, já para as pequenas foi um bom dia", sublinhou.

O índice Russell 2.000, que junta as pequenas e médias empresas, avançou 1,42%.

Entre as megacapitalizações, a Amazon cedeu 0,68% e a Microsoft estagnou (-0,01%), enquanto a fabricante de chips para a inteligência artificial Nvidia recuou 0,49%. Mas esta continua a evoluir nas proximidades dos 800 dólares por ação, um máximo histórico estabelecido na semana passada, depois de divulgar os seus resultados trimestrais.

Leia Também: Wall Street inicia sessão sem uma tendência clara

Recomendados para si

;

Receba as melhores dicas de gestão de dinheiro, poupança e investimentos!

Tudo sobre os grandes negócios, finanças e economia.

Obrigado por ter ativado as notificações de Economia ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório