Meteorologia

  • 18 MAIO 2024
Tempo
14º
MIN 13º MÁX 20º

Cabaz com IVA zero (que está a acabar) volta a ultrapassar os 140 euros

A 20 de dezembro, o cabaz alimentar com 41 alimentos com IVA zero passou a custar 140,64 euros.

Cabaz com IVA zero (que está a acabar) volta a ultrapassar os 140 euros
Notícias ao Minuto

08:32 - 22/12/23 por Notícias ao Minuto

Economia IVA Zero

Oito meses depois de a isenção de IVA ter entrado em vigor, o cabaz alimentar com IVA zero voltou a ultrapassar os 140 euros, de acordo com uma monitorização de preços da DECO Proteste. Um dia antes de a medida entrar em vigor - que termina a 4 de janeiro - custava menos 1,87 euros.

"A 20 de dezembro, o cabaz alimentar com 41 alimentos com IVA zero passou a custar 140,64 euros, mais 1,87 euros do que custava na véspera da implementação da medida", pode ler-se no site da organização de defesa do consumidor. 

A DECO Proteste revela que, "embora nos primeiros meses o IVA zero tenha contribuído para evitar uma subida ainda maior nos preços de alguns bens alimentares, nas últimas semanas, o seu impacto é quase impercetível". 

"Desde que a isenção de IVA entrou em vigor, os preços dos brócolos, do azeite virgem extra e da laranja já subiram mais de 30%. Os brócolos custavam, a 20 de dezembro, 3,46 euros por quilo, mais 1,05 euros (mais 44%) do que a 17 de abril, um dia antes de a isenção de IVA ser implementada. O azeite virgem extra, por sua vez, já aumentou 2,64 euros (mais 35%) desde que a isenção do IVA entrou em vigor. A 20 de dezembro, uma garrafa de 75 centilitros de azeite custava 10,17 euros. Já a laranja viu o seu preço subir 47 cêntimos por quilo (mais 34%), para 1,84 euros", nota a DECO Proteste. 

Na última semana, entre 13 e 20 de dezembro, os produtos cujo preço mais aumentou percentualmente foram o pão de forma sem côdea, a curgete e a couve-flor:

  • No pão de forma sem côdea, o aumento foi de 19 cêntimos (mais 10%), para 2,15 euros.
  • Na curgete, a subida foi de 20 cêntimos por quilo (mais 10%), para 2,24 euros por quilo.
  • Já na couve-flor, o aumento chegou aos 22 cêntimos por quilo (mais 8%), para 2,97 euros por quilo.

Leia Também: IVA zero? Cabaz atinge preço mais alto desde que medida entrou em vigor

Recomendados para si

;

Receba as melhores dicas de gestão de dinheiro, poupança e investimentos!

Tudo sobre os grandes negócios, finanças e economia.

Obrigado por ter ativado as notificações de Economia ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório