Meteorologia

  • 02 MARçO 2024
Tempo
11º
MIN 10º MÁX 14º

Fim da taxa especial para residentes não habituais é notícia lá fora

O Financial Times destaca que "Portugal vai acabar com 'injustiça fiscal' de incentivos fiscais para residentes estrangeiros". 

Fim da taxa especial para residentes não habituais é notícia lá fora
Notícias ao Minuto

10:52 - 04/10/23 por Notícias ao Minuto

Economia Impostos

O primeiro-ministro anunciou, no domingo, que em 2024 acabará a taxa especial para novos residentes não habituais e esta medida já é notícia lá fora. O Financial Times escreve que "Portugal vai acabar com 'injustiça fiscal' de incentivos fiscais para residentes estrangeiros". 

Em entrevista à TVI e CNN/Portugal, António Costa defendeu que o Governo decidiu não prolongar "uma medida de injustiça fiscal, que já não se justifica e que é uma forma enviesada de inflacionar o mercado de habitação, que atingiu preços insustentáveis".

É precisamente sobre estas declarações que escreve o conceituado jornal britânico: "Portugal planeia abandonar uma controversa redução de impostos para estrangeiros que ajudou a atrair onda de chegadas de ricos ao país, mas que provocou uma crise imobiliária com o aumento dos preços dos imóveis". 
 
Costa explicou, no domingo, que "em 2024 vai acabar a taxação especial para os residentes não habituais", mas ressalvou que "quem a tem, manterá".

De acordo com o líder do Executivo, "a medida dos residentes habituais já cumpriu a sua função e, por isso, não faz sentido manter uma taxação para os residentes não habituais".

"Já houve uma altura em que foi necessária. Essa medida fez sentido. Nos primeiros dez anos, 59% das pessoas que tinham beneficiado continuaram em Portugal, apesar de o regime ter acabado. Mas neste momento não faz mais sentido", reforçou.

Leia Também: Costa anuncia fim da taxa especial para novos residentes não habituais

 

Recomendados para si

;

Receba as melhores dicas de gestão de dinheiro, poupança e investimentos!

Tudo sobre os grandes negócios, finanças e economia.

Obrigado por ter ativado as notificações de Economia ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório