Meteorologia

  • 14 JULHO 2024
Tempo
15º
MIN 15º MÁX 26º

CGD adia para próxima assembleia geral decisão sobre dividendos

A Caixa Geral de Depósitos (CGD) adiou para nova assembleia geral de acionistas, a realizar este mês, a deliberação sobre a distribuição de dividendos, informa o banco em comunicado hoje à Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM).

CGD adia para próxima assembleia geral decisão sobre dividendos
Notícias ao Minuto

21:42 - 01/06/23 por Lusa

Economia CGD

"A deliberação relativa à proposta de aplicação de resultados será tomada em nova Assembleia Geral a realizar no corrente mês de junho", afirma a CGD, no comunicado sobre as deliberações da assembleia geral de 31 de maio.

Nessa assembleia, a CGD deliberou a aprovação do Relatório de Gestão e as Contas individuais e consolidadas, do Relatório de Governo Societário e do Relatório de Sustentabilidade referentes ao exercício de 2022.

Quando apresentou os resultados do primeiro trimestre, há cerca de três semanas, o banco público confirmou a distribuição de 352 milhões de euros em dividendos sobre o ano passado, a que deverá acrescer a entrega do edifício-sede como dividendo em espécie.

A CGD registou lucros de 285 milhões de euros no primeiro trimestre, quase o dobro dos 146 milhões de euros dos primeiros três meses de 2022.

Entre janeiro e março, mais de 300 milhões de euros em depósitos saíram da CGD, segundo os resultados divulgados. No final de março, na atividade em Portugal, a CGD tinha 69.288 milhões de euros em depósitos, menos 339 milhões de euros do que em final de 2022, quando tinha 69.627 milhões de euros em depósitos.

Leia Também: CGD e FEI acordam empréstimos de até 378 milhões a empresas

Recomendados para si

;

Receba as melhores dicas de gestão de dinheiro, poupança e investimentos!

Tudo sobre os grandes negócios, finanças e economia.

Obrigado por ter ativado as notificações de Economia ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório