Meteorologia

  • 25 JUNHO 2024
Tempo
17º
MIN 17º MÁX 24º

Manutenção da TAP no Brasil não foi estratégico, mas um "sorvedouro"

O antigo governante Sérgio Monteiro considerou hoje que o negócio de manutenção no Brasil nunca foi "um ativo estratégico" para a empresa, mas um "sorvedouro de dinheiro".

Manutenção da TAP no Brasil não foi estratégico, mas um "sorvedouro"
Notícias ao Minuto

18:01 - 24/03/23 por Lusa

Economia Sérgio Monteiro

O ex-secretário de Estado das Infraestruturas, Transportes e Comunicações, Sérgio Monteiro, falava na comissão parlamentar de Economia, Obras Públicas, Planeamento e Habitação, a requerimento do PS, sobre a privatização da TAP.

"Nunca dissemos que a manutenção do Brasil era um ativo estratégico. Era justificado como a única forma de fazer a operação no Brasil crescer, o que eu tenho para mim que não fosse assim", apontou Sérgio Monteiro, em resposta aos deputados.

O ex-secretário de Estado disse que deu, por duas vezes, orientações ao Conselho de Administração da TAP para que a empresa fosse vendida.

Neste sentido, foram organizados dois processos que acabaram por não ser bem-sucedidos.

"Houve um momento em que a tutela financeira deu orientações à TAP, em 2015, para impedir a remessa de receitas de Portugal para o Brasil [...]. O Brasil era um sorvedouro de dinheiro", defendeu.

Sérgio Monteiro disse ainda que relativamente a este negócio também foram ponderados todos os cenários, inclusive o encerramento, tendo o executivo optado "por não nacionalizar esse buraco".

Em 2022, a área de manutenção e engenharia da TAP no Brasil foi encerrada de forma definitiva, após terem sido acumulados prejuízos de aproximadamente 600 milhões de euros em 13 anos.

O negócio contava com mais de 380 trabalhadores.

Leia Também: "Nunca é altura para brincar com o dinheiro dos portugueses"

Recomendados para si

;

Receba as melhores dicas de gestão de dinheiro, poupança e investimentos!

Tudo sobre os grandes negócios, finanças e economia.

Obrigado por ter ativado as notificações de Economia ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório