Meteorologia

  • 20 JULHO 2024
Tempo
21º
MIN 20º MÁX 28º

Bolsas europeias em baixa, à espera das decisões da Fed

As principais bolsas europeias negociavam em baixa, depois de abrir em alta, à espera do anúncio das decisões de política monetária da Reserva Federal dos EUA (Fed), numa sessão que continua marcada por turbulências no sistema financeiro.

Bolsas europeias em baixa, à espera das decisões da Fed
Notícias ao Minuto

09:04 - 22/03/23 por Lusa

Economia Fed

Às 08h25 em Lisboa, o EuroStoxx 600 estava a avançar 0,04% para os 446,65 pontos.

As bolsas de Londres, Paris e Frankfurt recuavam 0,30%, 0,29% e 0,15%, bem como as de Madrid e Milão, que se desvalorizavam 0,39% e 0,27%, respetivamente.

Depois de abrir a subir, a Bolsa de Lisboa invertia a tendência e às 08:25 o principal índice, o PSI, baixava 0,38% para 5.848,99 pontos.

Nos EUA, embora as tensões no setor bancário se mantenham devido à situação do First Republic, Wall Street fechou em alta na terça-feira.

Os mercados esperam uma subida das taxas de 0,25 pontos percentuais, mas devido à turbulência financeira, alguns investidores não excluem a possibilidade de a Fed abrandar a sua política monetária restritiva.

Os analistas da Renta4 explicam que a relativa maior calma nos últimos dias no mercado, com o apoio dos reguladores que estabelecem redes de segurança para o setor financeiro, aumentou para 90% a probabilidade de uma subida de 0,25 pontos das taxas de juro e sem expectativas de subidas adicionais em reuniões subsequentes.

A nível macroeconómico, a taxa de inflação no Reino Unido subiu em fevereiro, pela primeira vez em quatro meses, aumentando a pressão sobre o Banco de Inglaterra para aumentar as taxas de juro na reunião de quinta-feira, foi hoje anunciado.

O índice de preços no consumidor aumentou em termos homólogos de 10,1% em janeiro para 10,4% em fevereiro, com os preços elevados da energia a continuarem a pressionar os orçamentos familiares, informou o instituto de estatísticas britânico.

Na Alemanha, o conselho consultivo do Governo, conhecido como os Cinco Reis Magos, anuncia as suas previsões económicas para 2023 e 2024.

Na terça-feira, a Bolsa de Nova Iorque terminou em alta, com o Dow Jones a subir 0,98% para 32.560,60 pontos, contra o máximo desde que foi criado em 1896, de 36.799,65 pontos, registado em 04 de janeiro de 2022.

O Nasdaq fechou a valorizar-se 1,58% para 11.860,11 pontos, contra o atual máximo, de 16.057,44 pontos, verificado em 16 de novembro de 2021.

A nível cambial, o euro abriu em alta no mercado de câmbios de Frankfurt, a cotar-se a 1,0768 dólares, contra 1,0764 dólares na terça-feira e 1,0909 dólares em 02 de fevereiro, um máximo desde abril de 2022.

O euro está a cotar-se acima da paridade face ao dólar desde 07 de novembro, depois de ter estado abaixo da paridade desde 20 de setembro, com exceção para o dia 26 de outubro (1,0076 dólares).

O barril de petróleo Brent para entrega em maio abriu a descer no Intercontinental Exchange Futures (ICE) de Londres, a cotar-se a 74,90 dólares, contra 75,32 na terça-feira e 72,97 dólares em 17 de março, um mínimo desde janeiro de 2022.

Leia Também: Bolsa de Tóquio fecha a ganhar 1,93%

Recomendados para si

;

Receba as melhores dicas de gestão de dinheiro, poupança e investimentos!

Tudo sobre os grandes negócios, finanças e economia.

Obrigado por ter ativado as notificações de Economia ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório