Meteorologia

  • 04 JUNHO 2023
Tempo
17º
MIN 16º MÁX 27º

ACT notifica 1.540 empresas por diferenças salariais (e há multas)

A notificação será efetuada por correio eletrónico.

ACT notifica 1.540 empresas por diferenças salariais (e há multas)
Notícias ao Minuto

12:12 - 02/02/23 por Notícias ao Minuto

Economia ACT

A Autoridade para as Condições de Trabalho (ACT) vai notificar, a partir desta quinta-feira, 1.540 entidades empregadoras com 50 ou mais trabalhadores, que apresentaram uma desigualdade salarial igual ou superior a 5%, anunciou o Ministério do Trabalho, esta quinta-feira. 

A notificação será efetuada por correio eletrónico, de acordo com um comunicado enviado às redações. 

"Estas entidades têm 120 dias para apresentar o plano de avaliação das diferenças remuneratórias à ACT e um ano para implementação do plano e correção das diferenças salariais não justificadas", pode ler-se. 

Segundo a tutela, "caso não apresentem este plano, incorrem numa prática que constitui contraordenação grave, cuja sanção pode ter um valor máximo de coima de cerca de 13 mil euros e um valor mínimo de 612 euros".

Além disso podem, "por aplicação de uma sanção acessória, ser excluídas de participar em arrematações ou concursos públicos, por um período até dois anos".

"Este é um passo histórico para combater a disparidade salarial e valorizar a presença das mulheres no mercado de trabalho, num momento determinante para o país, para os trabalhadores e para as empresas”, afirmou a Ministra do Trabalho, Solidariedade e Segurança Social, Ana Mendes Godinho, citada na mesma nota. 

Leia Também: Parlamento Europeu exorta UE a concretizar adesão de Kyiv

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Sétimo ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download

;

Receba as melhores dicas de gestão de dinheiro, poupança e investimentos!

Tudo sobre os grandes negócios, finanças e economia.

Obrigado por ter ativado as notificações de Economia ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório