Meteorologia

  • 09 AGOSTO 2022
Tempo
29º
MIN 17º MÁX 30º

Eletricidade. Governo destaca "poupança próxima dos 25%" com teto ibérico

Em causa, recorde-se, está um mecanismo ibérico que estabelece um preço máximo do gás para produção de eletricidade.

Eletricidade. Governo destaca "poupança próxima dos 25%" com teto ibérico
Notícias ao Minuto

08:55 - 05/07/22 por Notícias ao Minuto

Economia Eletricidade

O Ministério do Ambiente destacou que, no âmbito do mecanismo ibérico para conter o preço grossista da eletricidade, a poupança está próxima dos 25% esta terça-feira, dia 5 de julho, justificando com valores do Mercado Ibérico de Eletricidade (MIBEL). 

"Preço médio da eletricidade no MIBEL para esta terça-feira: 139,16 €/MWh + 92,58 €/MWh do ajustamento (provisório) = 231,74 €/MWh. Compara com 307,41 €/MWh, caso não existisse Mecanismo Ibérico. Traduz-se numa redução de 75,67 €/MWh, uma poupança próxima dos 25%", refere a tutela, numa publicação partilhada na rede social Twitter. 

Em causa, recorde-se, está um mecanismo ibérico que estabelece um preço máximo do gás para produção de eletricidade e que, segundo a tutela, permitiu às famílias e empresas uma poupança média diária de "cerca de 14%" nos primeiros 15 dias de aplicação.

Com efeitos no mercado de eletricidade desde 15 de junho, o mecanismo ibérico define um regime excecional para a fixação dos preços no Mercado Ibérico de Eletricidade (MIBEL), na sequência da escalada de preços no mercado do gás natural (em máximos históricos), com consequências diretas negativas na subida dos preços da eletricidade.

A medida está em vigor até 31 de maio de 2023, englobando o período de maior consumo de eletricidade (outono e inverno) e, "durante este período, está definido um preço máximo médio de 48,75 euros por Megawatt-hora para o GN utilizado na produção de eletricidade", lembrou o Ministério do Ambiente.

O mecanismo ibérico pretende "limitar a escalada dos preços da eletricidade e proteger quem está mais exposto aos preços do mercado à vista ('spot')", beneficiando também os restantes consumidores de eletricidade à medida que renovem os seus contratos de fornecimento.

A medida resulta do trabalho de estreita cooperação entre os Governos de Portugal e de Espanha, para separar o preço do GN da formação de preço de eletricidade no MIBEL, sendo ainda consequência do reconhecimento, pela Comissão Europeia, das especificidades ibéricas, nomeadamente a reduzida capacidade de interligação elétrica da Península Ibérica à Europa Continental.

Leia Também: É nesta cidade portuguesa que comprar casa (com crédito) é mais difícil

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Sexto ano consecutivo Escolha do Consumidor e Prémio Cinco Estrelas para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download

;

Receba as melhores dicas de gestão de dinheiro, poupança e investimentos!

Tudo sobre os grandes negócios, finanças e economia.

Obrigado por ter ativado as notificações de Economia ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório