Meteorologia

  • 10 AGOSTO 2022
Tempo
19º
MIN 18º MÁX 26º

Mecanismo ibérico permitiu poupança média diária de "cerca de 14%"

O mecanismo ibérico, que estabelece um preço máximo do gás para produção de eletricidade, permitiu às famílias e empresas uma poupança média diária de "cerca de 14%" nos primeiros 15 dias de aplicação, anunciou hoje o Ministério do Ambiente.

Mecanismo ibérico permitiu poupança média diária de "cerca de 14%"
Notícias ao Minuto

16:07 - 02/07/22 por Lusa

Economia Crise/Energia

"Nos primeiros 15 dias de aplicação, o mecanismo ibérico permitiu que as famílias e as empresas com contratos de fornecimento de eletricidade expostos ao preço do mercado 'spot'/à vista de eletricidade beneficiassem de uma poupança média diária de 38 Euro/MWh [euros por Megawatt-hora], correspondendo a uma redução média diária de cerca de 14%", revelou o gabinete do ministro do Ambiente e da Ação Climática, Duarte Cordeiro.

Em comunicado, a tutela explicou que as famílias e as empresas expostas ao mercado 'spot' de eletricidade suportaram "um preço médio de 237,84 Euro/MWh graças à existência do mecanismo, por contraponto ao valor de 275,90 Euro/MWh que pagariam se esta medida não tivesse sido aplicada".

Segundo os dados diários do preço grossista no mercado de eletricidade durante os 15 dias de aplicação do mecanismo ibérico, apresentados pelo Ministério do Ambiente e da Ação Climática, o dia de 22 de junho foi o que registou o preço mais elevado em Portugal com o mecanismo, de 284,87 Euro/MWh, que sem mecanismo foi de 296,19 Euro/MWh, quando em França foi de 383,14 Euro/MWh e em Itália foi de 368,07 Euro/MWh.

Durante este período, com o mecanismo ibérico Portugal registou o preço mais baixo no dia 26 de junho, no valor de 178,38 Euro/MWh, que sem mecanismo aumenta para 252,56 Euro/MWh, em França foi de 249,07 Euro/MWh e em Itália foi de 286,15 Euro/MWh, de acordo com os dados divulgados pelo gabinete do ministro do Ambiente relativamente à evolução de preços nos mesmos 15 dias.

A tutela informou ainda que, durante os primeiros 15 dias de aplicação do mecanismo ibérico, "o preço do gás natural (GN) cresceu mais de 45%, passando dos 80 Euro/MWh registados no dia 15 de junho para os 116,03 Euro/MWh do dia 30, o que levou ao aumento do custo da geração de eletricidade a partir de GN".

Com efeitos no mercado de eletricidade desde 15 de junho, o mecanismo ibérico define um regime excecional para a fixação dos preços no Mercado Ibérico de Eletricidade (MIBEL), na sequência da escalada de preços no mercado do gás natural (em máximos históricos), com consequências diretas negativas na subida dos preços da eletricidade.

A medida está em vigor até 31 de maio de 2023, englobando o período de maior consumo de eletricidade (outono e inverno) e, "durante este período, está definido um preço máximo médio de 48,75 euros por Megawatt-hora para o GN utilizado na produção de eletricidade", lembrou o Ministério do Ambiente.

O mecanismo ibérico pretende "limitar a escalada dos preços da eletricidade e proteger quem está mais exposto aos preços do mercado à vista ('spot')", beneficiando também os restantes consumidores de eletricidade à medida que renovem os seus contratos de fornecimento.

A medida resulta do trabalho de estreita cooperação entre os Governos de Portugal e de Espanha, para separar o preço do GN da formação de preço de eletricidade no MIBEL, sendo ainda consequência do reconhecimento, pela Comissão Europeia, das especificidades ibéricas, nomeadamente a reduzida capacidade de interligação elétrica da Península Ibérica à Europa Continental.

Leia Também: Gasóleo profissional: Governo lança apoio de 17 cêntimos/litro

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Sexto ano consecutivo Escolha do Consumidor e Prémio Cinco Estrelas para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download

;

Receba as melhores dicas de gestão de dinheiro, poupança e investimentos!

Tudo sobre os grandes negócios, finanças e economia.

Obrigado por ter ativado as notificações de Economia ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório