Meteorologia

  • 10 AGOSTO 2022
Tempo
19º
MIN 18º MÁX 26º

Da crise no Governo à inflação: Os cinco números relevantes da semana

Sempre em cima da atualidade, o Notícias ao Minuto avaliou os momentos fundamentais desta semana que são transversais a vários setores. Conheça-os através dos principais números.

Da crise no Governo à inflação: Os cinco números relevantes da semana
Notícias ao Minuto

08:04 - 02/07/22 por Notícias ao Minuto

Economia História da semana

Esta semana ficou marcada pela polémica em torno da nova solução aeroportuária para Lisboa, que gerou uma crise no Governo entre o primeiro-ministro, António Costa, e o ministro das Infraestruturas, Pedro Nuno Santos. 

Sempre em cima da atualidade, o Notícias ao Minuto avaliou os momentos fundamentais desta semana que são transversais a vários setores. Conheça-os através dos principais números.

  • Crise no Governo: Cronologia (em quatro pontos) da polémica em torno do aeroporto

1. Na quarta-feira foi publicado, em Diário da República, um despacho que determinava, entre outras medidas, o "estudo da solução que visa a construção do aeroporto do Montijo, enquanto infraestrutura de transição, e do novo aeroporto 'stand alone' no Campo de Tiro de Alcochete, nas suas várias áreas técnicas";

2. Quinta-feira de manhã o primeiro-ministro determinou ao ministro das Infraestruturas a revogação do despacho publicado na quarta-feira sobre a solução aeroportuária para a região de Lisboa e reafirmou que tem de ser negociada e consensualizada com a oposição, através de um comunicado;

3. Durante a tarde, o ministro das Infraestruturas e da Habitação, Pedro Nuno Santos, responsabilizou-se por "erros de comunicação", mas afirmou que iria manter-se em funções. A seguir, António Costa deu o caso por encerrado, considerando que Pedro Nuno Santos "não agiu de má-fé" e reconheceu publicamente ter cometido "um erro grave, felizmente prontamente corrigido", e que, portanto, "está totalmente restabelecida a confiança" no ministro.

4. Numa alusão à continuidade em funções do ministro das Infraestruturas e da Habitação, Pedro Nuno Santos, depois deste episódio, Marcelo Rebelo de Sousa afirmou que "é o primeiro-ministro que deve, em cada momento, olhando para o passado e para o presente, ver se são aqueles que estão em melhores condições para terem êxito nos seus objetivos".

  • Dívida pública acelera. Ascendia a 280,4 mil milhões em maio

Em maio de 2022, a dívida pública, na ótica de Maastricht, aumentou 1,3 mil milhões de euros, para 280,4 mil milhões de euros, anunciou o Banco de Portugal (BdP), na sexta-feira

  • Taxa de desemprego sobe para 6,1% em maio

A taxa de desemprego subiu para 6,1% em maio, acima dos 5,9% verificados em abril, de acordo com as estimativas do Instituto Nacional de Estatística (INE), divulgadas na quarta-feira

  • Cabaz de bens alimentares já subiu mais de 10% desde o início da guerra

Um cabaz de bens alimentares com produtos considerados essenciais já aumentou mais de 10% desde o início da guerra na Ucrânia, de acordo com a monitorização de preços da DECO Proteste. Na última semana, sublinhe-se, os preços voltaram a aumentar e já custa mais 20,09 euros do que no final de fevereiro.

  • Taxa de inflação dispara para 8,7%. É um máximo de dezembro de 1992

A taxa de inflação disparou para 8,5% em junho, o valor mais alto desde dezembro de 1992, divulgou o Instituto Nacional de Estatística (INE), na quinta-feira.

Leia Também: Cinco pontos sobre a Conferência de Lugano pela reconstrução da Ucrânia

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Sexto ano consecutivo Escolha do Consumidor e Prémio Cinco Estrelas para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download

;

Receba as melhores dicas de gestão de dinheiro, poupança e investimentos!

Tudo sobre os grandes negócios, finanças e economia.

Obrigado por ter ativado as notificações de Economia ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório