Meteorologia

  • 06 JULHO 2022
Tempo
19º
MIN 17º MÁX 34º

TAP. Técnicos de manutenção de aeronaves pedem fim dos cortes salariais

Cerca de 300 pessoas concentraram-se hoje junto à entrada da TAP, em Lisboa, reivindicando o fim dos cortes nos salários dos técnicos de manutenção de aeronaves (TMA), que em alguns trabalhadores representam "40% do vencimento", segundo o sindicato.

TAP. Técnicos de manutenção de aeronaves pedem fim dos cortes salariais
Notícias ao Minuto

18:01 - 24/05/22 por Lusa

Economia TAP

"Nós sujeitámo-nos a cortes, no nosso caso, que rondam 40% do vencimento, e agora o mercado está a abrir -- temos uma série de colegas que têm oportunidade de emprego fora de Portugal -- e, na prática, as pessoas estão a sair, porque o nível de cortes que estamos a ter são insustentáveis", afirmou o presidente da direção do Sindicato dos Técnicos de Manutenção de Aeronaves (Sitema), Paulo Manso.

O sindicalista referiu que atualmente "nem toda a gente está com cortes a este nível".

"Nós, TMA do Sitema temos um corte extra, porque foi negociado com a empresa que faríamos um corte extra para se poder pagar parte do vencimento dos colegas que estavam para ser despedidos", acrescentou Paulo Manso, que lamentou que seis pessoas tenham sido despedidas de uma forma "muito grave".

Sobre esses despedimentos, que levaram à colocação de seis ações em tribunal em janeiro e que ainda decorrem, o sindicalista diz que há "muito poucas dúvidas que estes colegas vão ter de ser readmitidos, porque este despedimento coletivo não teve qualquer lógica".

No que toca à restituição dos salários, Paulo Manso diz que "não há conversa" com o Governo, que defende que é "com a administração que essa conversa tem de ser feita".

Já com a administração da empresa, o presidente da direção do sindicato referiu que houve duas reuniões recentemente.

"O que é facto é que aquilo que nos estão a propor em termos de devolução de parte dos nossos cortes não é aceite pelos colegas, porque o que nós queremos agora é que todos os cortes que fizemos [...] nos sejam devolvidos", apontou, sublinhando que o que está a ser pedido "não são aumentos".

Paulo Manso acrescentou que não há uma "data-limite" para a anulação destes cortes, mas foi acordado que a retoma da atividade aérea deveria corresponder à retoma dos salários dos trabalhadores.

O sindicalista tem esperança de que as reivindicações dos trabalhadores sejam correspondidas pela administração da TAP e estimou a saída de um TMA por semana, algo que considera "gritante numa classe que já estava bastante diminuída em termos de efetivos".

Paulo Manso mostrou-se aberto à realização de uma greve dos TMA caso as reivindicações dos trabalhadores não sejam correspondidas.

Na concentração, que se realizou no dia em que se assinala o dia mundial dos técnicos de manutenção de aeronaves, Miguel Costa, que trabalha na TAP há sete anos, considerou que não há "uma perspetiva de futuro neste momento".

"A perspetiva de futuro é quase nula porque este acordo está assinado até 2025", lamentou, assinalando que esta é "uma profissão de extrema responsabilidade".

"É muito complicado estarmos aqui a assumir a responsabilidade por centenas ou milhares de pessoas que viajam diariamente e recebermos este tipo de remuneração", lamentou o trabalhador que hoje diz receber cerca de 1.100 euros por mês num trabalho muito especializado.

Vera Cabrita, também TMA, está na TAP há 26 anos e diz que agora "está tudo diferente".

"Conseguimos coisas inalcançáveis ao longo dos anos e, desde que a covid apareceu, aproveitaram a covid para nos tirarem tudo o que tínhamos conseguido até então", referiu.

A trabalhadora explicou que os dois cortes resultam de "25% imputados a todos os trabalhadores da empresa" mais "15% que os associados do sindicato abdicaram em detrimento de colegas não serem despedidos -- coisa que não aconteceu".

Leia Também: CP alerta para "perturbações significativas" na 6.ª feira em Lisboa

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Sexto ano consecutivo Escolha do Consumidor e Prémio Cinco Estrelas para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download

;

Receba as melhores dicas de gestão de dinheiro, poupança e investimentos!

Tudo sobre os grandes negócios, finanças e economia.

Obrigado por ter ativado as notificações de Economia ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório