Meteorologia

  • 06 JULHO 2022
Tempo
19º
MIN 17º MÁX 34º

Precisa de abastecer? Gasóleo fica mais barato, mas gasolina encarece

As previsões divulgadas pelo Ministério das Finanças, no final da semana passada, revelam que o gasóleo poderá descer até 6,8 cêntimos, ao passo que a gasolina deverá aumentar um cêntimo. 

Precisa de abastecer? Gasóleo fica mais barato, mas gasolina encarece
Notícias ao Minuto

08:08 - 16/05/22 por Notícias ao Minuto

Economia Combustíveis

Os preços dos combustíveis deverão registar, esta segunda-feira, um comportamento misto, com o gasóleo a ficar mais barato e a gasolina a encarecer. As previsões divulgadas pelo Ministério das Finanças, no final da semana passada, revelam que o gasóleo poderá descer até 6,8 cêntimos, ao passo que a gasolina deverá aumentar um cêntimo

Também uma fonte do setor indicou ao Notícias ao Minuto que as previsões apontavam para uma diminuição de seis cêntimos no caso do gasóleo e para um acréscimo que poderia chegar aos três cêntimos no caso da gasolina.

Perante as previsões, o Governo decidiu manter os descontos nos impostos dos combustíveis. "Na próxima semana, as taxas unitárias do ISP ficarão inalteradas, mantendo-se a aplicação dos descontos atualmente em vigor", podia ler-se no comunicado enviado pelo Ministério tutelado por Fernando Medina, na sexta-feira.

No mesmo dia, o ministro das Finanças, Fernando Medina, disse que os portugueses pagam agora menos 27 cêntimos por litro de combustível do que pagariam sem as medidas fiscais implementadas pelo Governo para mitigar o impacto dos preços da energia.

"Cada português paga hoje menos 27 cêntimos por litro quando vai à bomba de gasolina do que pagaria sem qualquer medida pública. Repito: sem as medidas que tomámos na área fiscal, os portugueses pagariam mais 27 cêntimos por litro de combustível do que hoje pagam", disse durante uma audição na Comissão de Orçamento e Finanças (COF), no âmbito da discussão sobre a proposta do Orçamento do Estado para 2022 (OE2022).

A Autoridade de Segurança Alimentar e Económica (ASAE) recebeu 400 denúncias relacionadas com o aumento do preço dos combustíveis, afirmou o inspetor-geral Pedro Portugal Gaspar, no sábado, assegurando que continuará a ser feito o acompanhamento do mercado.

Leia Também: ASAE recebeu 400 denúncias sobre preços dos combustíveis

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Sexto ano consecutivo Escolha do Consumidor e Prémio Cinco Estrelas para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download

;

Receba as melhores dicas de gestão de dinheiro, poupança e investimentos!

Tudo sobre os grandes negócios, finanças e economia.

Obrigado por ter ativado as notificações de Economia ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório