Meteorologia

  • 24 JUNHO 2024
Tempo
18º
MIN 17º MÁX 29º

Sindicato prossegue greve parcial na STCP até 31 de julho

O Sindicato dos Trabalhadores de Transportes Rodoviários e Urbanos do Norte (STRUN) vai renovar a greve parcial na Sociedade de Transportes Coletivos do Porto (STCP) entre maio e julho, visando as últimas quatro horas de serviço, segundo um comunicado.

Sindicato prossegue greve parcial na STCP até 31 de julho
Notícias ao Minuto

15:33 - 19/04/22 por Lusa

Economia STCP

De acordo com o texto a que Lusa teve hoje acesso, o STRUN renova a greve "que vigora às últimas quatro horas de serviço por mais três meses", de 01 de maio a 31 de julho, "como forma de protesto contra a discriminação, a chantagem, a falta de respostas e a intenção de perpetuar o entretenimento dos trabalhadores".

"A falta de notícias faz adivinhar que estamos longe do mínimo satisfatório e quanto ao mote de não quererem negociar com as greves em vigor, afirmamos que sem contraproposta só haverá levantamento das lutas se os associados assim o entenderem", refere a estrutura representativa dos trabalhadores.

O STRUN refere ainda que, "ao contrário do que acontece com os restantes sindicatos desde meados de 2021", não é convocado para negociações, defendendo que tal acontece por "nunca" deixar "de ser um incómodo ao apresentar as justas reivindicações dos trabalhadores e dar voz ao seu descontentamento".

"Em janeiro enviámos proposta de revisão do AE [Acordo de Empresa] para este ano e continuamos sem a devida resposta, embora na apresentação da nova presidente do CA [Conselho de Administração, Cristina Pimentel] houvesse a promessa de análise", refere ainda.

O sindicato refere adicionalmente que desde agosto de 2021 se tem "assistido a uma catadupa de processos disciplinares por motivos tão fúteis como declarações públicas e à comunicação social, pequenos acidentes de viação, faltas imprevistas", considerando que se trata de uma "estratégia intimidatória lamentável".

Em dezembro de 2021, o STRUN já tinha anunciado que iria estender a greve dos trabalhadores da STCP às últimas quatro horas, que vigorava até ao final de 2021, até 30 de abril de 2022.

Os trabalhadores reivindicavam um reforço do salário base em 30 euros, acrescentando, na prática, mais 15 euros ao valor que tinha já sido acordado entre a administração da STCP e quatro sindicatos.

O STRUN foi o único sindicato que se recusou a assinar este acordo.

A Lusa questionou a STCP sobre a renovação da greve e aguarda resposta.

Leia Também: Mulher furtava artigos em ouro de uma residência que limpava na Maia

Recomendados para si

;

Receba as melhores dicas de gestão de dinheiro, poupança e investimentos!

Tudo sobre os grandes negócios, finanças e economia.

Obrigado por ter ativado as notificações de Economia ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório