Meteorologia

  • 27 MAIO 2022
Tempo
32º
MIN 16º MÁX 35º

Taxa de execução do Plano Operacional do Algarve atinge 57,4%

Os projetos aprovados ao abrigo do Programa Operacional Regional do Algarve entre 2014 e 2020 tiveram no final de 2021 uma taxa de execução de 57,4%, divulgou hoje a Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional (CCDR) do Algarve.

Taxa de execução do Plano Operacional do Algarve atinge 57,4%
Notícias ao Minuto

15:41 - 03/01/22 por Lusa

Economia Algarve

"A taxa de execução do Programa Operacional do Algarve atingiu 57,4% no final de 2021, o que corresponde a um acréscimo da execução de 15,3 pontos percentuais ao longo do ano (era de 42,1% a 1 de janeiro de 2021) naquele que foi até agora o melhor ano na execução do Programa Operacional Regional", refere aquele organismo em comunicado.

Segundo a CCDR/Algarve, esta execução, em 2021, representa "uma transferência superior a 48 milhões de euros de fundos europeus para investimentos na economia da região", sendo o ano passado "o melhor ano de execução desde o início do Quadro Financeiro Plurianual 2014-2020".

Entre 2014 e o final de 2021 foram aprovados cerca de 1.600 projetos, com um investimento elegível superior a 608 milhões de euros, a que corresponde um financiamento comunitário de mais de 340 milhões, tendo o total da execução ultrapassado os 264 milhões, com uma comparticipação comunitária de 179 milhões.

Em 2021, adianta a CCDR/Algarve, a execução "foi acompanhada de um forte impulso da taxa de compromisso, que passou dos 89,3% no início do ano, para 109% em 2022, refletindo a aceleração na implementação" do Programa Operacional Regional.

"Contudo, não obstante todos os esforços desenvolvidos e o trabalho em rede realizado, com uma monitorização mensal ao longo de todo o ano, a execução ficou em 96% da meta prevista para 2021 e a taxa de execução 2,6 pontos percentuais aquém do inicialmente projetado", avança aquela entidade.

Segundo o presidente da CCDR/Algarve, citado na nota, a meta para 2022 "é aumentar a taxa de execução em mais 20 a 22 pontos percentuais, com o objetivo de atingir os 78 a 80 por cento no final do ano, sempre num quadro de rigor e de cumprimento das regras de auditoria e controlo na aplicação dos fundos europeus geridos na região".

O Programa Operacional Regional é dirigido por uma comissão diretiva presidida pelo presidente da CCDR/Algarve, a qual integra ainda o presidente da Comunidade Intermunicipal do Algarve (AMAL) e um elemento indicado pelo Governo.

Leia Também: Pedro Martins é português com mais vitórias no estrangeiro em 2021

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Sexto ano consecutivo Escolha do Consumidor e Prémio Cinco Estrelas para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download

;

Receba as melhores dicas de gestão de dinheiro, poupança e investimentos!

Tudo sobre os grandes negócios, finanças e economia.

Obrigado por ter ativado as notificações de Economia ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório