Meteorologia

  • 27 NOVEMBRO 2021
Tempo
11º
MIN 9º MÁX 15º

Edição

Petrolífera Royal Dutch Shell anuncia benefícios de 7.439 milhões

A petrolífera Royal Dutch Shell informou hoje que os benefícios correspondentes aos primeiros nove meses do ano foram de 7.439 milhões de euros, face às perdas de 15.210 milhões de euros no mesmo período do ano passado.

Petrolífera Royal Dutch Shell anuncia benefícios de 7.439 milhões
Notícias ao Minuto

08:34 - 28/10/21 por Lusa

Economia Petróleo

Num comunicado enviado hoje à Bolsa de Valores de Londres, a Shell indicou que o benefício, (antes dos impostos) foi de 11.675 milhões de euros, face a perdas (antes de impostos) de 19.666 milhões de euros nos primeiros nove meses de 2020.

O mesmo documento indica ainda que a empresa realizou compras no valor de 101.895 milhões de euros, uma subida de 33,6%, no mesmo período do ano passado.

A dívida da Shell situava-se, em finais de setembro, nos 49.500 milhões de euros, uma descida de 21,7% em relação ao mesmo período de 2020.

A Shell refere também que prevê reduzir emissões no final da década: um corte que corresponde às emissões denominadas Scope 1 e Scope 2 e que incluem as emissões contaminantes das próprias instalações, assim como na energia que compra. 

O presidente do Conselho de Administração da Shell, Ben van Deurden, disse hoje que a empresa estabeleceu novos objetivos para 2030 no sentido de baixar as emissões, em comparação com os níveis de 2016.

A companhia assinalou que no passado mês de setembro estabeleceu um acordo para a venda da Permian, nos Estados Unidos, por um valor correspondente a 8.208 milhões de euros. 

Uma grande parte do valor correspondente a esta transação vai ser utilizado no financiamento de uma distribuição adicional aos acionistas (6.048 milhões de euros) no princípio de 2022, assim que seja concluído o acordo. 

Em setembro, a empresa decidiu iniciar a construção de uma instalação de biocombustíveis em Roterdão, Holanda. 

A Shell destacou ainda o aumento dos volumes de venda dos produtos petrolíferos devido a uma contínua recuperação da procura. 

Leia Também: Cotação do barril Brent baixa 2,11% para 84,56 dólares

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Quinto ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Receba as melhores dicas de gestão de dinheiro, poupança e investimentos!

Tudo sobre os grandes negócios, finanças e economia.

Obrigado por ter ativado as notificações de Economia ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório