Meteorologia

  • 17 OUTUBRO 2021
Tempo
21º
MIN 17º MÁX 24º

Edição

Remessas dos emigrantes em Angola descem 13,1% em julho para 30 milhões

As remessas dos emigrantes portugueses em Angola caíram 13,1% em julho, para 30 milhões de euros, enquanto os angolanos a trabalhar em Portugal enviaram 880 mil euros, representando uma subida de quase 45%, segundo dados oficiais.

Remessas dos emigrantes em Angola descem 13,1% em julho para 30 milhões
Notícias ao Minuto

12:16 - 22/09/21 por Lusa

Economia BdP

De acordo com os mais recentes dados do Banco de Portugal, consultados hoje pela Lusa, os portugueses a trabalhar em Angola enviaram 30,03 milhões de euros, uma descida face aos 34,5% enviados em julho do ano passado, e também abaixo dos 33,7 milhões enviados em julho de 2019.

Pelo contrário, os angolanos a trabalhar em Portugal enviaram 880 mil euros, o que representa uma subida de 44,2% face aos 610 mil euros enviados em julho do ano passado.

Como é costume, os valores de Angola representam a quase totalidade das remessas dos portugueses nos Países Africanos de Língua Oficial Portuguesa (PALOP).

Assim, os emigrantes nos PALOP enviaram 30,7 milhões de euros, o que representa uma descida de 12,7% face aos 35,2 milhões enviados em julho do ano passado.

Em sentido inverso, os africanos lusófonos a trabalhar em Portugal enviaram 3 milhões de euros em julho, o que representa uma descida de 5,3% face aos 3,2 milhões enviados em julho de 2020, em plena pandemia.

A nível global, as remessas dos portugueses a trabalhar no estrangeiro subiram 6,4% em julho, para 366,8 milhões de euros, ao passo que os imigrantes em Portugal enviaram 43,3 milhões, menos 2% que no período homólogo de 2020.

Os portugueses a trabalhar no estrangeiro enviaram 366,8 milhões de euros em julho, o que representa uma subida de 6,4% face aos 344,7 milhões de julho enviados em julho do ano passado.

Ainda assim, o valor está abaixo do registado em julho de 2019, antes da pandemia, mês em que o valor das remessas ficou acima de 370 milhões de euros.

Leia Também: Endividamento do Estado, empresas e famílias cai em julho

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Quinto ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Receba as melhores dicas de gestão de dinheiro, poupança e investimentos!

Tudo sobre os grandes negócios, finanças e economia.

Obrigado por ter ativado as notificações de Economia ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório