Meteorologia

  • 29 SETEMBRO 2022
Tempo
20º
MIN 16º MÁX 22º

Embraer com prejuízo de 8,3 milhões de euros no primeiro semestre de 2021

A fabricante de aeronaves brasileira Embraer registou um prejuízo de 51,7 milhões de reais (8,3 milhões de euros) no primeiro semestre do ano, segundo balanço divulgado hoje pela empresa.

Embraer com prejuízo de 8,3 milhões de euros no primeiro semestre de 2021
Notícias ao Minuto

18:00 - 13/08/21 por Lusa

Economia Embraer

O dado é resultado da diferença entre o prejuízo de 489,8 milhões de reais (79,4 milhões de euros) registado no primeiro trimestre do ano e o lucro de 438,1 milhões de reais (71 milhões de euros) alcançado no segundo trimestre do ano.

No mesmo período do ano passado, a empresa brasileira havia registado prejuízo de 1,7 mil milhões reais (276 milhões de euros).

Após uma série de resultados negativos com a pandemia do novo coronavírus e o fim do acordo com a fabricante norte-americana Boeing, a Embraer começou a recuperar graças ao aumento da procura por viagens, frisou o balanço financeiro divulgado pela empresa.

A Embraer informou que entregou 14 aeronaves comerciais e 20 executivas (12 jatos leves e oito grandes), totalizando 23 jatos comerciais e 33 executivos (22 jatos leves e 11 grandes) no primeiro semestre de 2021.

A fabricante acrescentou que estima que as entregas de jatos comerciais fiquem entre 45 e 50 aeronaves e a de jatos executivos entre 90 e 95 unidades em 2021.

O balanço financeiro da Embraer mostrou que, excluindo as despesas extraordinárias, entre janeiro e junho a empresa registou prejuízo líquido de 310,1 milhões de reais (50,2 milhões de euros).

Já o resultado líquido ajustado do segundo trimestre foi positivo, totalizando 212,8 milhões de reais (34,4 milhões de euros), ante um prejuízo de 1.071 milhões de reais (2.173,6 milhões de euros) alcançado no mesmo período de 2020.

No primeiro semestre do ano, a receita da Embraer somou 10,4 mil milhões de reais (cerca de 1,7 mil milhões de euros), resultado 81% superior ao do mesmo período em 2020.

Entre abril e junho, a receita da fabricante de aeronaves brasileira atingiu 5,9 mil milhões de reais (cerca de 956 milhões de euros), dado que indica um crescimento de 107% face ao mesmo período do ano passado.

O resultado operacional bruto medido pelo Lucros antes de Juros, Impostos, Depreciação e Amortização (EBITDA) nos primeiros seis meses do ano atingiu 1,1 milhões de reais (178 milhões de euros), enquanto entre abril e junho foi de cerca de mil milhões de reais (cerca de 167,5 milhões de euros).

A empresa encerrou o mês de junho com uma dívida líquida de 9,2 mil milhões de reais (cerca de 1,5 mil milhões de euros), dado que indicou uma redução de 7% face ao mesmo mês de 2020.

A Embraer é fabricante e líder mundial de aeronaves comerciais com até 150 assentos e tem mais de 100 clientes em todo o mundo.

A empresa brasileira mantém unidades industriais, escritórios, centros de serviço e de distribuição de peças, entre outras atividades, nas Américas, África, Ásia e Europa.

Em Portugal, no Parque de Indústria Aeronáutica de Évora, funcionam duas fábricas da Embraer, sendo que a empresa também é acionista da OGMA - Indústria Aeronáutica de Portugal, com 65% do capital, em Alverca.

Leia Também: Embraer anuncia contrato de manutenção de aeronaves com a Porter Airlines

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Sexto ano consecutivo Escolha do Consumidor e Prémio Cinco Estrelas para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download

;

Receba as melhores dicas de gestão de dinheiro, poupança e investimentos!

Tudo sobre os grandes negócios, finanças e economia.

Obrigado por ter ativado as notificações de Economia ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório