Meteorologia

  • 24 OUTUBRO 2021
Tempo
15º
MIN 13º MÁX 25º

Edição

Portugal usa menos fertilizantes mas mais pesticidas face à média da UE

Os dados foram divulgados, esta quinta-feira, pelo INE.

Portugal usa menos fertilizantes mas mais pesticidas face à média da UE

Portugal foi o Estado-membro que registou o menor consumo de fertilizantes minerais em 2019, contudo, a utilização de pesticidas nesse mesmo ano ficou acima da média da União Europeia (UE), de acordo com os dados divulgados, esta quinta-feira, pelo Instituto Nacional de Estatística (INE).

"Portugal é o Estado-membro com menor consumo de fertilizantes minerais (azoto e fósforo), registando em 2019 um consumo aparente de 31 kg por hectare de Superfície Agrícola Utilizada (SAU), menos de metade da média da UE27 (68 kg por hectare de SAU)", refere o INE. 

Por outro lado, também nesse ano "foram vendidos 2,2 kg de substância ativa dos principais grupos de pesticidas por hectare de SAU, proporção acima da média da UE27 (1,8 kg de substância ativa por hectare de SAU)". 

O ano agrícola 2019/2020 caracterizou-se meteorologicamente por um outono normal em relação à temperatura do ar e à precipitação, seguido por um inverno extremamente quente (segundo mais quente desde 1931) e seco (78% do valor médio), adianta o INE. 

"As regiões a sul do Tejo registaram situações de seca meteorológica, com maior persistência e severidade no Baixo Alentejo e Algarve. A primavera e o verão continuaram a classificar-se como muito quentes, com destaque para julho (o mais quente desde 1931)", acrescenta a agência de estatísticas.

A área semeada de cereais praganosos foi próxima da registada na campanha anterior (-1,3%). Também a produção animal foi semelhante à registada no ano anterior.

"Em 2020, as exportações de 'Produtos agrícolas e agroalimentares' (exceto bebidas) aumentaram 5,8% face ao ano anterior (uma evolução contrária à redução de 10,2% registada nas exportações globais de bens), enquanto as importações diminuíram 1,8%, refletindo-se numa melhoria do saldo da balança comercial (diminuição do défice em 429,7 milhões de euros)", adianta ainda o INE. 

Quer isto dizer que "a agricultura globalmente terá atravessado um ano marcado pela pandemia Covid-19, evidenciando uma resiliência que não foi patente em muitos outros setores da atividade económica nacional", pode ainda ler-se. 

Leia Também: BE não revela data de reunião com Governo, mas tem prioridades definidas

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Quinto ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Receba as melhores dicas de gestão de dinheiro, poupança e investimentos!

Tudo sobre os grandes negócios, finanças e economia.

Obrigado por ter ativado as notificações de Economia ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório