Meteorologia

  • 21 SETEMBRO 2021
Tempo
27º
MIN 18º MÁX 28º

Edição

Vendas do grupo BMW crescem 39,1% no 1.º semestre

As vendas do grupo BMW, que detém as marcas BMW, Mini e Rolls-Royce, aumentaram 39,1% no primeiro semestre deste ano, para 1.339.080 unidades, face a igual período do ano passado, anunciou hoje o fabricante automóvel.

Vendas do grupo BMW crescem 39,1% no 1.º semestre
Notícias ao Minuto

10:30 - 07/07/21 por Lusa

Economia BMW

Este resultado é justificado pelo grupo empresarial automóvel, em comunicado, com a recuperação observada depois da contração resultante do encerramento temporário dos concessionários devido à pandemia.

A BMW referiu também que as vendas do grupo ultrapassaram em 7,1% o nível de 2019, suportadas no aumento das entregas de todas as marcas em todas as regiões.

A sua principal marca, a BMW, entregou 1.178.292 veículos no primeiro semestre deste ano, mais 39,9% em termos homólogos, sendo que a Mini vendeu 157.799 unidades no período em análise (+32,6%) e a Rolls-Royce Motor Cars entregou 2.989 veículos (+91,6%).

Além disso, as vendas dos modelos elétricos, o BMW i, BMW i Performance e o Mini elétrico, cresceram 148,5% no primeiro semestre, para 153.267 unidades, em relação a idêntico período do ano anterior.

O administrador de Clientes, Marcas e Vendas do grupo BMW, Pieter Nota, afirmou que o grupo está no "rumo de vir a alcançar este ano um crescimento das vendas sólido e rentável".

O gestor destacou ainda o facto de se assistir a uma "elevada procura" em todo o mundo, lembrando que neste período em relação aos automóveis elétricos e híbridos a BMW duplicou as suas vendas.

Leia Também: Livro revela afirmação de Trump. "Hitler fez muitas coisas boas"

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Quinto ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Receba as melhores dicas de gestão de dinheiro, poupança e investimentos!

Tudo sobre os grandes negócios, finanças e economia.

Obrigado por ter ativado as notificações de Economia ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório