Meteorologia

  • 24 ABRIL 2024
Tempo
19º
MIN 13º MÁX 24º

Genéricos conduzem marcas de medicamentos a perdas de 65%

Um estudo comprova que as marcas de medicamentos perdem, em média, 65% do volume de vendas, no primeiro ano em que entra no mercado o medicamento genérico. As maiores quedas registam-se nos fármacos para o aparelho cardiovascular.

Genéricos conduzem marcas de medicamentos a perdas de 65%
Notícias ao Minuto

09:21 - 23/02/14 por Notícias Ao Minuto

Economia Farmácia

A chegada de um medicamento genérico ao mercado representa, na maioria dos casos, em perdas para as marcas dos medicamentos originais. É o que indica um estudo de um investigador do Porto, a que o Público teve acesso.

Uma análise à evolução do volume de vendas entre 2003 e 2012 permitiu constatar que, em média, a queda no volume de vendas chega aos 65% só no primeiro ano. O exemplo mais flagrante é o dos remédios para o aparelho cardiovascular, que chegam a vender menos 86%.

A tendência acentuou-se a partir de 2007, data em que foram vendidos 50 milhões de medicamentos genéricos, o valor mais alto alcançado até então, e 200 milhões de medicamentos de marca.

Segundo o Infarmed, a quota de medicamentos genéricos nas farmácias atingiu os 27,9%, em termos de volume, e os preços caíram de 20 para sete euros.

Recomendados para si

;

Receba as melhores dicas de gestão de dinheiro, poupança e investimentos!

Tudo sobre os grandes negócios, finanças e economia.

Obrigado por ter ativado as notificações de Economia ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório