Meteorologia

  • 28 JULHO 2021
Tempo
18º
MIN 18º MÁX 28º

Edição

Rockfeller e IKEA criam fundo para financiar energias limpas

A Fundação Rockefeller e a da empresa sueca IKEA anunciaram hoje a criação de um fundo dotado de 1.000 milhões de dólares (839 milhões de euros) para financiar projetos de energias limpas.

Rockfeller e IKEA criam fundo para financiar energias limpas
Notícias ao Minuto

23:59 - 21/06/21 por Lusa

Economia Fundação

Com esta iniciativa conjunta, as fundações pretendem reduzir as emissões de gases com efeito de estufa em 1.000 milhões de toneladas e fornecer eletricidade proveniente de fontes renováveis a 1.000 milhões de pessoas.

O anúncio foi feito no âmbito de uma reunião promovida pela Organização das Nações Unidas (ONU), na qual governos e empresas devem apresentar compromissos de resposta à emergência climática.

"A nossa ambição coletiva é criar uma plataforma que apoie programas de energias renováveis que possam oferecer reduções de gases com efeito de estufa de forma rápida e eficiente e acelerar a transição energética", assinalou, em comunicado, o administrador-delegado da Fundação IKEA, Per Heggenes.

O objetivo do projeto é substituir fontes de energia poluentes por outras renováveis e, ao mesmo tempo, levar energia a comunidades que não a têm ou são fornecidas de forma inadequada.

"Milhões de vidas e milhares de milhões de dólares perderam-se por causa do novo coronavirus, forçando pessoas a regressarem à pobreza, ao fim de décadas de progresso. Os efeitos da crise climática tornarão isto ainda pior, pelo que temos de investir agora para inverter esta espiral", acrescentou o presidente da Fundação Rockfeller, Rajiv J. Shah.

Este encontro, que se realiza de forma virtual, decorre até dia 25, com representantes de países, instituições internacionais e empresas de todo o mundo.

Hoje, na abertura, o secretário-geral da ONU, António Guterres, apelou à aceleração das medidas que permitam um acesso universal à energia em 2030 e, ao mesmo tempo, cumprir as metas de luta contra as alterações climáticas.

Esta reunião serve de preparação para um encontro de alto nível sobre energia que a ONU vai acolher em setembro, no qual se espera que países, cidades e empresas apresentem compromissos voluntários para atingir aqueles objetivos.

Leia Também: IKEA França multada em um milhão de euros por espiar funcionários

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Quinto ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Receba as melhores dicas de gestão de dinheiro, poupança e investimentos!

Tudo sobre os grandes negócios, finanças e economia.

Obrigado por ter ativado as notificações de Economia ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório