Meteorologia

  • 22 MAIO 2024
Tempo
14º
MIN 13º MÁX 21º

Táxis de São Miguel investem cerca de 12 mil euros em plataforma digital

A Associação de Profissionais de Táxis de Ponta Delgada vai passar a dispor de uma plataforma digital para a prestação de serviços, através da aplicação 'táxi-link', num investimento de cerca de 12 mil euros, foi hoje revelado.

Táxis de São Miguel investem cerca de 12 mil euros em plataforma digital
Notícias ao Minuto

14:12 - 30/04/21 por Lusa

Economia Táxis

O serviço foi apresentado na sede da Associação de Profissionais de Táxi de Ponta Delgada, na freguesia de Santa Clara.

Segundo o presidente da associação, António Feleja, dentro de "duas a três semanas" o sistema já vai estar a funcionar a "100%", tendo a introdução da plataforma representado um investimento de "10 a 12 mil euros".

"Agora vai haver uma parte de aprendizagem, os engenheiros da 'táxi-link' estão cá para nos introduzir no sistema, mas temos tido um 'feedback' bastante positivo", declarou aos jornalistas.

Ainda de acordo com António Feleja, o setor estava em negociações com o Governo Regional para desenvolver a aplicação, mas decidiram avançar com o investimento no "imediato", devido às "mudanças" que irão ocorrer em Ponta Delgada.

"Vai haver mudanças de imediato na cidade e depois, como todos sabem, a Uber já chegou cá [Ponta Delgada] e nós estávamos a ser acusados de parar no tempo e de não ter um poder de resposta eficaz. Essa foi uma alternativa no mercado que achamos viável", justificou o taxista, reconhecendo que com o atual sistema, que é "muito antigo", não existia "um poder de resposta eficaz".

Por isso, acrescentou, o novo projeto é "de extrema importância", já que o lema "é estar perto do cliente e servi-lo muito bem".

António Feleja acrescentou ainda que a Associação de Profissionais de Táxi de Ponta Delgada tem cerca de 90 associados e está presente, também, nas cidades da Lagoa e da Ribeira Grande, em São Miguel.

Na apresentação do novo serviço, a secretária regional das Obras Públicas e Comunicações, Ana Carvalho, enalteceu a iniciativa e destacou que o executivo açoriano tem disponibilidade para atribuir "algum apoio que seja necessário" aos taxistas.

"Este projeto tinha sido apresentado no início do ano na Secretaria das Obras Públicas e Comunicações e nós tínhamos dito que estávamos disponíveis, depois da aprovação do Plano e Orçamento, para dar um apoio. Felizmente a iniciativa privada antecipou-se e a associação de táxis tomou a iniciativa de conseguir esta plataforma", disse.

A presidente da Câmara de Ponta Delgada, Maria José Duarte, considerou igualmente a iniciativa um "grande passo em frente", realçando que a Associação de Profissionais de Táxi de Ponta Delgada é a primeira dos Açores a implementar a plataforma.

"É um sinal importante que, apesar das diversidades que a associação e os nossos taxistas estão a passar, não baixaram os braços, estão a inovar e estão a reinventar-se e acho que isso é excelente", concluiu a autarca.

Em 02 de abril foi anunciado que a Praça Gonçalo Velho, principal zona do centro histórico da cidade de Ponta Delgada, onde estão localizados os serviços de táxi, iria ser requalificada, num projeto que deverá orçar, numa primeira fase, entre 300 a 400 mil euros.

Recomendados para si

;

Receba as melhores dicas de gestão de dinheiro, poupança e investimentos!

Tudo sobre os grandes negócios, finanças e economia.

Obrigado por ter ativado as notificações de Economia ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório