Meteorologia

  • 27 MAIO 2022
Tempo
32º
MIN 16º MÁX 35º

Pensionistas viúvos (afinal) só vão sentir tesourada em julho

Os cortes nas pensões de sobrevivência e o alargamento da Contribuição Extraordinária de Solidariedade (CES) no caso de pensionistas viúvos vão fazer-se sentir só a partir de julho. Segundo o secretário de Estado da Segurança Social, citado pelo Jornal de Negócios, tudo terá a ver com o “sistema informático”, que não permite que os acertos sejam feitos antes dessa data.

Pensionistas viúvos (afinal) só vão sentir tesourada em julho
Notícias ao Minuto

08:36 - 03/02/14 por Notícias ao Minuto

Economia Austeridade

Com os cortes nas pensões de sobrevivência e o alargamento da nova Contribuição Extraordinária de Solidariedade (CES), havia pensionistas viúvos a serem penalizados duplamente, como o Notícias ao Minuto tinha já noticiado na semana passada.

Contudo, de acordo com o secretário de Estado da Segurança Social, Agostinho Branquinho, citado pelo Jornal de Negócios, o “sistema informático” não permite que as “medidas que resultam da aplicação da CES na execução do Orçamento do Estado para 2014” sejam feitas já, pelo que os acertos “vão ser feitos ao longo do segundo semestre”.

Por isso, se no início do ano os pensionistas viúvos não vão sentir o efeito dos cortes, que só começarão a ser aplicados depois de março, a partir de julho os efeitos vão fazer-se sentir de forma agravada.

Apesar dos motivos alegados pelo Governo, o socialista Pedro Marques aponta as eleições europeias de maio como causa para o atraso nos cortes. Há ainda outro motivo que pode pesar para decisão: fazer com que a Segurança Social não tenha de devolver dinheiro, se estes forem considerados inconstitucionais.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Sexto ano consecutivo Escolha do Consumidor e Prémio Cinco Estrelas para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download

;

Receba as melhores dicas de gestão de dinheiro, poupança e investimentos!

Tudo sobre os grandes negócios, finanças e economia.

Obrigado por ter ativado as notificações de Economia ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório