Meteorologia

  • 09 AGOSTO 2020
Tempo
21º
MIN 18º MÁX 28º

Edição

Bolsa de Lisboa em baixa com Ibersol e NOS a liderarem perdas

A bolsa de Lisboa mantinha hoje a tendência de baixa da abertura, com a Ibersol e a NOS a liderarem as perdas.

Bolsa de Lisboa em baixa com Ibersol e NOS a liderarem perdas

Cerca das 09h00 em Lisboa, o principal índice da bolsa, o PSI20, descia 0,33% para 4.414,31 pontos, com 13 'papéis' a valorizarem-se e cinco a caírem.

Os 'papéis' da Ibersol e da NOS desciam 1,91% para 5,14 euros e 1,31% para 3,63 euros.

Em sentido contrário, as ações da Novabase e da Sonae Capital subiam 1,29% para 3,14 euros e 0,78% para 0,51 euros.

As ações do BCP e da Jerónimo Martins também eram das que mais subiam, designadamente 0,65% para 0,11 euros e 0,50% para 15,18 euros.

Na Europa, as principais bolsas abriram hoje em baixa, cautelosas devido aos novos surtos de covid-19 em todo o mundo e às tensões entre Washington e Pequim.

Apesar do aumento de casos de covid-19 em todo o mundo e das tensões entre os Estados Unidos e a China, os investidores estavam animados com a potencial vacina contra a doença pandémica desenvolvida pela Pfizer e com os bons dados macroeconómicos da China.

O Senado dos Estados Unidos aprovou na quinta-feira um projeto de lei para impor sanções às empresas chinesas que ameacem a autonomia de Hong Kong e a todos aqueles que façam negócios com estas organizações.

Esta é a resposta dos Estados Unidos à imposição da China da lei de segurança nacional sobre Hong Kong, que inclui a prisão perpétua para os dissidentes.

Wall Street vai estar hoje, véspera do feriado do Dia da Independência (Independence Day), nos Estados Unidos, fechada.

Da bateria de dados macroeconómicos dos Estados Unidos, divulgados na quinta-feira, destaca-se a descida do desemprego.

Na Europa, serão publicados hoje os PMI compostos e dos serviços de vários países europeus, bem como o da zona euro.

Na quinta-feira, a bolsa de Nova Iorque terminou com o Dow Jones a subir 0,36% para 25.827,36 pontos, contra 29.551,42 pontos em 12 de fevereiro, atual máximo desde que foi criado em 1896.

No mesmo sentido, o Nasdaq fechou a avançar 0,52% para 10.207,63 pontos, um novo máximo de sempre.

A nível cambial, o euro abriu hoje em alta no mercado de câmbios de Frankfurt, a cotar-se a 1,1244 dólares, contra 1,1229 dólares na quinta-feira.

O barril de petróleo Brent para entrega em setembro abriu com tendência negativa, a cotar-se a 42,74 dólares no Intercontinental Exchange Futures (ICE) de Londres, contra 43,14 dólares na quinta-feira.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo quarto ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Receba as melhores dicas de gestão de dinheiro, poupança e investimentos!

Tudo sobre os grandes negócios, finanças e economia.

Obrigado por ter ativado as notificações de Economia ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório