Meteorologia

  • 03 JULHO 2020
Tempo
23º
MIN 16º MÁX 26º

Edição

Lucro da Altri cai 81,4% para 6,8 milhões de euros no primeiro trimestre

Os lucros da Altri recuaram 81,4% no primeiro trimestre, face ao período homólogo de 2019, para 6,8 milhões de euros, refletindo a quebra de cerca de 30% dos preços de pasta nos mercados internacionais, anunciou hoje a empresa.

Lucro da Altri cai 81,4% para 6,8 milhões de euros no primeiro trimestre
Notícias ao Minuto

19:19 - 28/05/20 por Lusa

Economia Altri

Em comunicado enviado à Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM), a Altri refere que a quebra so resultados líquidos "é explicada, na sua quase totalidade, com a quebra de cerca de 30% dos preços de pasta nos mercados internacionais", uma vez que "as restantes rubricas se mantiveram em níveis equiparáveis nos dois trimestres em análise".

A produtora de pasta de papel tinha fechado o primeiro trimestre de 2019 com um resultado líquido positivo de 36,7 milhões de euros.

Na informação enviada ao regulador do mercado, a Altri revela que as receitas totais registaram um decréscimo de cerca de 20%, face ao período homólogo, para 165,7 milhões de euros, apesar da maior quantidade de pasta produzida e vendida.

"O aumento de produção e de venda de pasta são foram assim suficientes para anular a referida quebra do preço da pasta nos mercados internacionais", refere o comunicado que precisa que no primeiro trimestre de 2020 o preço médio de mercado da pasta papeleira (BHKP) foi de 616 euros por tonelada, um valor inferior em 29,5% face ao preço verificado no período homólogo de 2019.

O EBITDA total (Lucros antes de Juros, Impostos, Depreciação e Amortização)situou-se em 33,1 milhões de euros, um decréscimo homólogo de cerca de 55,5%.

Por segmentos, o o EBITDA das unidades de produção de pasta ascendeu a 25,4 milhões de euros enquanto o EBITDA gerado pelas unidades de produção de energia através de biomassa atingiu 7,8 milhões de euros.

Apesar do aumento de produção verificada, os custos totais operacionais excluindo amortizações, custos financeiros e impostos ascenderam, nos primeiros três meses deste ano, a 132,5 milhões de euros, o que corresponde a um ligeiro decréscimo de 0,2% em relação ao primeiro trimestre de 2019.

Durante o primeiro trimestre de 2020, a Altri produziu 282,3 mil toneladas de pastas, das quais 259,7 mil toneladas de pasta papeleira tipo BHKP e cerca de 22,6 mil toneladas foram pasta solúvel (DWP).

"Em termos de vendas, no período em causa, foram vendidas 287,2 mil toneladas de pasta, das quais 32,9 mil toneladas foram de DWP", indica a informação remetida à CMVM.

O mesmo comunicado adianta que no primeiro trimestre de 2020, o Grupo Altri exportou 248,7 mil toneladas de pastas, o que corresponde a 87% das suas vendas totais de pastas, sendo que em termos monetários, as exportações trimestrais ascenderam a 114,5 milhões de euros.

A Altri refere ainda que a dívida líquida nominal remunerada ascendia a 491 milhões de euros, em 31 de março de 2020, o que traduz um decréscimo de cerca de 21,7 milhões de euros face ao valor registado em 31 de dezembro de 2019.

Apesar da pandemia de covid-19, as três fábricas do Grupo Altri continuam a produzir em pleno, assim como as centrais de produção de energia elétrica. A empresa assinala que tem vindo a avaliar e a monitorizar os desenvolvimentos da pandemia, ao nível dos fatores de risco, que considera serem relevantes e que podem afetar as áreas de negócio "quer em termos operacionais, de investimento ou financeiros".

Ainda no contexto da pandemia, o Grupo Altri refere ter tomado desde cedo medidas de prevenção, controlo e vigilância da infeção, adiantando que devido às várias medidas implementadas, à data de 31 de março de 2020, "estima-se um impacto negativo na demonstração dos resultados no montante de, aproximadamente, 250 mil euros".

Esta valor inclui os gastos com pessoal, nomeadamente, turnos e horas extra, bem como, despesas de deslocação, donativos, equipamentos de proteção e gastos com a contratação de empresas especializadas na desinfeção de espaços, entre outros.

O Grupo Altri assinala também que fez um um processo de revisão e avaliação interna sobre os investimentos que tinha planeado para o exercício de 2020, "reavaliando o custo benefício destes projetos em carteira, bem como a sua exequibilidade, tendo em consideração a realidade atual", tendo decidido reagendar a realização de alguns projetos no montante de, aproximadamente, 9 milhões de euros.

Ao nível da sustentabilidade, a Altri refere que neste primeiro trimestre estruturou e refinou o cálculo da pegada de carbono, de modo a melhorar o seu alinhamento com diversos frameworks e referenciais internacionais.

No âmbito das iniciativas de biodiversidade florestal, prevê a duplicar da área de conservação num prazo de 10 anos, produzir e plantar cerca de 1 milhão de plantas autótones por ano, alargar a rede de estações de biodiversidade.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo quarto ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Receba as melhores dicas de gestão de dinheiro, poupança e investimentos!

Tudo sobre os grandes negócios, finanças e economia.

Obrigado por ter ativado as notificações de Economia ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório