Meteorologia

  • 02 JULHO 2020
Tempo
24º
MIN 16º MÁX 25º

Edição

Bolsas europeias em alta sustentadas por novo pacote de ajudas nos EUA

As principais bolsas europeias estavam hoje em alta, sustentadas pela decisão do Senado norte-americano de aprovar um novo pacote de ajudas no valor de 484.000 milhões de dólares para fazer frente à pandemia.

Bolsas europeias em alta sustentadas por novo pacote de ajudas nos EUA
Notícias ao Minuto

09:38 - 22/04/20 por Lusa

Economia Mercado

Cerca das 09:10 em Lisboa, o EuroStoxx 600 subia 1,06% para 327,67 pontos.

As bolsas de Londres, Paris e Frankfurt avançavam 1,11%, 0,42% e 1,08%, respetivamente, bem como as de Madrid e Milão, que subiam 0,90% e 1,13%.

Depois de ter aberto em alta, a bolsa de Lisboa mantinha a tendência e, cerca das 09:10, o principal índice, o PSI20, subia 0,64% para 4.061,93 pontos.

Apesar de um novo afundamento do preço do petróleo tanto nos Estados Unidos, o WTI (West Texas Intermediate) desvalorizou-se 43%, como na Europa, o Brent recuou 25%, as principais bolsas europeias abriram hoje com otimismo a sessão.

Depois de terem recuado na quinta-feira mais de 43% e de 25%, os petróleos WTI e Brent já caíram hoje 8% e 15%, respetivamente.

O preço do petróleo está a ser atingido tanto pela falta de recursos para armazenar o excesso de produção como pela forte contração da procura do 'ouro negro' decorrente das medidas de confinamento adotadas para combater a pandemia da covid-19.

Neste sentido, os Estados Unidos estão a analisar a possibilidade de oferecer fundos de estímulo federais a produtores de petróleo e gás com problemas em troca de participações do Estado nas referidas empresas ou de reservas de petróleo.

Entretanto, a Arábia Saudita e outros membros da Organização de Países Exportadores de Petróleo (OPEP) estão a analisar um corte da produção o mais rapidamente possível, em vez de esperarem até maio, quando entrar em vigor o recente acordo sobre o corte da produção do cartel com os Estados Unidos e a Rússia.

Além do petróleo, os investidores também vão estar hoje pendentes de alguns indicadores macroeconómicos como o da confiança dos consumidores na zona euro ou novos resultados empresariais.

Na terça-feira, a bolsa de Nova Iorque terminou com o Dow Jones a cair 2,67% para 23.018,88 pontos, contra 29.551,42 pontos em 12 de fevereiro, atual máximo desde que foi criado em 1896.

No mesmo sentido, o Nasdaq fechou a recuar 3,48% para 8.263,23 pontos, contra o atual máximo de 9.817,18 pontos em 19 de fevereiro.

A nível cambial, o euro abriu hoje em alta no mercado de câmbios de Frankfurt, a cotar-se a 1,0865 dólares, contra 1,0844 dólares na terça-feira.

O barril de petróleo Brent para entrega em junho abriu a cotar-se a 16,63 dólares no Intercontinental Exchange Futures (ICE) de Londres, contra 19,33 dólares na terça-feira.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo quarto ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Receba as melhores dicas de gestão de dinheiro, poupança e investimentos!

Tudo sobre os grandes negócios, finanças e economia.

Obrigado por ter ativado as notificações de Economia ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório