Meteorologia

  • 29 NOVEMBRO 2020
Tempo
11º
MIN 9º MÁX 14º

Edição

Costa quer "sentido de responsabilidade" para não adiar Montijo

António Costa encontra-se em Bragança no arranque da iniciativa 'Governo mais próximo'.

Costa quer "sentido de responsabilidade" para não adiar Montijo

O primeiro-ministro encontra-se em Bragança no arranque da iniciativa 'Governo mais próximo' e questionado pelos jornalistas sobre possíveis preocupações sobre o relatório da Comissão Europeia que dá conta de Portugal não cumpriu todas as recomendações para a Economia, um alerta que António Costa classificou como um "clássico".

"Ao fim destes cinco anos sabemos que há esta dinâmica de diálogo da Comissão Europeia. Sinaliza sistematicamente os riscos, chega a meio do ano e diz que afinal os riscos não se estão a confirmar e depois chegam ao fim e dizem que Portugal cumpriu as metas estabelecidas", referiu. "É o que estamos a trabalhar para mais uma vez acontecer, chegarmos ao final do ano com as metas cumpridas", continuou.

Sobre o Aeroporto do Montijo, Costa desvalorizou a possível inviabilização do projeto por parte do PSD. "O país anda há mais de 50 anos a discutir a construção do novo aeroporto internacional de Lisboa. Defendi, ainda quando era candidato a primeiro-ministro, que em matéria de grandes obras públicas o país tem de ter consensos políticos alargados, porque não pode estar a mudar de decisão de governo para governo", atirou, acrescentando que, por isso mesmo, aceitaram "as decisões tomadas pelo governo anterior tendo em vista a localização do novo aeroporto no Montijo".

"Foram feitos os estudos, foram ouvidos todos os partidos - o caso do PSD foi diferente até disse que andámos a perder tempo a não executar imediatamente uma decisão que tinha sido tomada pelo governo deles. Ainda hoje há um cartaz no Montijo um cartaz do PSD a dizer 'Montijo já' e portanto fico bastante perplexo para perceber qual é a posição do PSD", vincou.   

O primeiro-ministro relembra que o "governo não começa só quando chegamos" e apela a que "haja um sentido de responsabilidade necessário da parte de todos para que uma obra destas não seja novamente adiada".

O executivo socialista está entre quarta e esta quinta-feira no distrito de Bragança, a dar o arranque da iniciativa 'Governo mais próximo', que inclui visitas à região de ministros e secretários de Estado e uma reunião do Conselho de Ministros, "cuja agenda é maioritariamente dedicada à valorização do Interior".

O Conselho de Ministros que se realiza hoje em Bragança vai discutir e aprovar os diplomas das medidas para a valorização do Interior.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo quarto ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Receba as melhores dicas de gestão de dinheiro, poupança e investimentos!

Tudo sobre os grandes negócios, finanças e economia.

Obrigado por ter ativado as notificações de Economia ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório