Meteorologia

  • 31 MARçO 2020
Tempo
12º
MIN 6º MÁX 14º

Edição

NOS encara "futuro com absoluta confiança" apesar da "hostilidade"

O presidente executivo da operadora de telecomunicações NOS, Miguel Almeida, afirma "encarar o futuro com absoluta confiança", apesar da "injustificada e desadequada hostilidade regulatória".

NOS encara "futuro com absoluta confiança" apesar da "hostilidade"
Notícias ao Minuto

06:30 - 21/02/20 por Lusa

Economia NOS

O lucro da NOS subiu 4,2% em 2019, face ao ano anterior, para 143,5 milhões de euros.

"Em 2020, iremos acelerar o ritmo de transformação interna, dando mais passos importantes na construção da nova NOS", refere o presidente executivo da operadora, no comunicado enviado à Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM) sobre os resultados de 2019.

Segundo Miguel Almeida, "este será também um ano crítico na frente externa, com vários processos que formatarão uma parte importante do nosso futuro".

"Apesar da injustificada e desadequada hostilidade regulatória, as nossas pessoas, a nossa base de ativos e o percurso que até aqui percorremos, traduzido nos resultados alcançados, permitem-nos encarar o futuro com absoluta confiança", prossegue.

"Acreditamos que, alavancando naquilo que de melhor a tecnologia tem para oferecer, a NOS será a empresa líder no setor onde atua, mas também, e mais importante, uma empresa líder no processo de transformação para uma sociedade melhor", salienta o gestor.

As receitas de exploração subiram 1,5%, para 1.599 milhões de euros, e as receitas de telecomunicações evoluíram 1,1%, para 1.522 milhões de euros, "apesar do impacto menos positivo provocado pela redução das tarifas de terminação e pela diminuição de consumo de canais desportivos 'premium'".

O resultado antes de impostos, juros, depreciações e amortizações (EBITDA) cresceu 2,7% para 641,1 milhões de euros, com a margem EBITDA a subir 0,5 pontos percentuais, para 40,1%.

"Durante 2019, demos passos importantes neste processo de criação da nova NOS, em todas as suas frentes, da tecnologia aos processos, do ambiente à diversidade, passando naturalmente, de forma muito central, pela relação com os nossos clientes. Fizemo-lo assegurando a continuação do percurso de crescimento e melhoria de rentabilidade que iniciámos há seis anos", sublinha.

Miguel Almeida assinala que "em todos e cada um destes anos" a NOS melhorou "face ao período anterior, tanto nos indicadores operacionais quanto nos financeiros, uma performance ímpar".

"O mundo está a entrar na quarta revolução industrial, uma nova era de disrupção científica e tecnológica, que trará também uma profunda transformação social, no limite redefinindo o que significa ser humano. Na NOS, não conseguimos imaginar tudo o que esta nova era nos trará, sendo que acreditamos que se traduzirá numa vida melhor para todos, numa sociedade que será mais equilibrada, mais inclusiva e mais humana", refere.

A operadora adianta que "quer contribuir para a construção deste futuro e acredita que terá um papel central no seu desenvolvimento em Portugal".

"A nossa visão é a de uma NOS na linha da frente da tecnologia, com as melhores redes de comunicações, totalmente digital, integrando de forma transparente tecnologias como o 5G, a inteligência artificial", a 'cloud' ou a Internet das Coisas [em que todos os objetos estão conectados]", sublinha.

"Queremos ser ator principal no processo de evolução que todos vão experienciar e o catalisador da transformação das empresas para esta nova realidade, assegurando, assim, a maximização das oportunidades que esta revolução traz para Portugal e para os portugueses", prossegue Miguel Almeida.

O presidente executivo da operadora de telecomunicações NOS acrescenta que, "neste mundo em mudança acelerada, apenas empresas socialmente responsáveis e que contribuam ativamente para criar uma sociedade melhor para as gerações futuras, serão sustentáveis no longo prazo", pelo que a empresa assume o compromisso de ser "um exemplo de inclusão e diversidade, adotando também um papel ativo no combate às alterações climáticas e na redução das emissões de carbono".

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo quarto ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Receba as melhores dicas de gestão de dinheiro, poupança e investimentos!

Tudo sobre os grandes negócios, finanças e economia.

Obrigado por ter ativado as notificações de Economia ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório