Meteorologia

  • 02 JUNHO 2020
Tempo
23º
MIN 18º MÁX 26º

Edição

Galp acorda com ACS compra e construção de projetos fotovoltaicos

A Galp alcançou um acordo com o grupo ACS para a compra e construção de projetos de produção de energia fotovoltaica em Espanha até um valor total estimado de 2,2 mil milhões de euros até 2023, foi anunciado.

Galp acorda com ACS compra e construção de projetos fotovoltaicos
Notícias ao Minuto

19:04 - 22/01/20 por Lusa

Economia Galp

"A Galp chegou a acordo com o grupo ACS para a aquisição de projetos de produção de energia fotovoltaica em Espanha, tornando-se, assim, no principal produtor de energia solar da Península Ibérica", indicou, em comunicado, a empresa.

O acordo inclui a compra, desenvolvimento e construção de projetos até um valor total estimado de 2,2 mil milhões até 2023.

Os ativos incluem parques fotovoltaicos com uma capacidade instalada de 900 megawatts, já em operação, bem como projetos "em desenvolvimento ou em licenciamento" que vão permitir atingir, até 2023, uma capacidade de geração instalada de 2,9 gigawatts, "o equivalente ao consumo médio de 1,8 milhões de habitações", o que vai contribuir para a redução de 87 milhões de toneladas de dióxido de carbono (CO2).

"Damos desta forma um passo significativo na concretização do compromisso para uma transição rumo a uma economia de baixo carbono. Este acordo reforça a posição da Galp enquanto empresa integrada de energia, materializando os seus 'guidelines' estratégicos para o reforço de um portefólio competitivo de renováveis e novos negócios", defendeu, citado no mesmo documento, o presidente executivo da Galp, Carlos Gomes da Silva.

A conclusão do negócio está prevista para o segundo trimestre de 2020, altura em que deverão ser pagos 450 milhões de euros "e a assunção de um passivo de 430 milhões de euros decorrentes do 'project finance' dos parques em operação".

De acordo com a empresa, esta transação está alinhada com o objetivo de alocar cerca de 40% do seu investimento a oportunidades relacionadas com a transição energética.

"Esta aquisição permitirá integrar e desenvolver, em parceria com uma empresa que é líder mundial na implementação de projetos, um portefólio solar de última geração que vai acelerar o crescimento na área das renováveis e novos modelos de negócio", sublinhou a administradora da Galp Susana Quintana-Plaza.

Na sessão de hoje da bolsa, as ações da Galp desceram 1,92% para 14,57 euros.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo quarto ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Receba as melhores dicas de gestão de dinheiro, poupança e investimentos!

Tudo sobre os grandes negócios, finanças e economia.

Obrigado por ter ativado as notificações de Economia ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório